Setembro 16, 2019

Fotógrafo é furtado após jogo da final da Copa do Brasil

Fotógrafo é furtado após jogo da final da Copa do Brasil
Reprodução

O repórter fotográfico Max Peixoto, que trabalha no site "O Bairrista" e no "Dia Esportivo", no Rio Grande do Sul, teve equipamentos furtados no dia 11 de setembro, Arena da Baixada, estádio do Athlético, em Curitiba.

O furto ocorreu na sala de imprensa do time visitante, local restrito a profissionais credenciados, após o primeiro jogo da final da Copa do Brasil entre Athlético e Internacional.

No Twitter, ele denunciou o ocorrido, afirmou ter feito um boletim de ocorrência e cobrou um retorno sobre o caso à assessoria do Athlético. Segundo ele, "o clube tem total responsabilidade da segurança dos profissionais que ali estão trabalhando".

Ao Coletiva.net, Max contou que permaneceu no local por cerca de uma hora e que estava focado no computador finalizando a cobertura. Quando foi guardar as coisas na mala, reparei que tinha sumido a câmera com a lente.

Na sequência, ele procurou o assessor de imprensa do Athletico Paranaense, que afirmou que "ia buscar nas câmeras de segurança, e que o contato com o pessoal do time já havia sido feito e estavam averiguando".

Até o momento, no entanto, a assessoria do clube não se manifestou sobre o caso.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!