Setembro 06, 2019

... MARATONAR SÉRIES PODE MATAR? – 2ª parte

... MARATONAR SÉRIES PODE MATAR? – 2ª parte
Freepik

Como já contei na edição anterior, pesquisadores da Universidade de Osaka chegaram à conclusão que maratonar séries, hábito muito comum no Japão, pode matar. O antídoto é levantar-se de hora e hora e fazer alguns exercícios. Isso evita o risco de embolia pulmonar pela inatividade, algo semelhante ao que ocorre com quem faz longas viagens de avião. Movimentar-se ajuda na circulação do sangue e...voilá...você pode voltar pro sofá e assistir mais um episódio do seu seriado favorito.

Isso posto, vai aqui a segunda parte das séries recém chegadas ou novas temporadas que estão disponíveis no sistema de streaming.

Faltou alguma que você descobriu e gostou ? Se decepcionou com alguma? Conta aqui para os leitores de Cine&Séries.

Obrigada. Boa leitura, boas séries!

___________________________________________________________

 

NETFLIX

La casa de papel – Criação: Álex Piña - 3 temporadas – 2017

A 3ª temporada do maior sucesso em língua não inglesa da Netflix já está disponível. A grande notícia para os fãs da série espanhola é que foi confirmada a 4ª temporada. Quem ainda não viu pode maratonar as 3 temporadas. Sinopse: Oito ladrões se trancam com reféns na Casa da Moeda da Espanha. Seu líder manipula a polícia para realizar um plano. Será o maior roubo da história, ou uma missão em vão?

***

 

Better than us –  1ª temporada – 2018

Para quem curte ficção científica, uma série russa (!) que em tradução livre se chamaria " melhor que nós". Quem seria melhor que nós? Androides parecidos com humanos...melhorados. Na trama, Arisa, uma androide de nova geração foge do seu proprietário e acaba "adotada" por uma família desestruturada. Ela lembra um pouco Eu, robô, o filme com Will Smith, baseado no livro do genial Isaac Asimov, e bastante a série sueca Real Humans ( que já vi e gostei).

Obs.:Better than us já tem uma segunda temporada.

***

 

O diretor nu – 1 temporada – 8 episódios - 2019

Uma série japonesa para quem procura algo "diferente". Baseada em fatos reais, a  série conta a ascensão da indústria pornográfica no Japão, nos anos 1980, que teve início após a descoberta de uma traição.  Após flagrar a mulher na cama com outro homem, o vendedor Toru Muranishi deu uma reviravolta na própria vida e passou a filmar casais transando. Quando ele resolve colocar uma descrição nas fitas K7 (tecnologia da época) passa a vender mais. A conclusão dele : a pornografia precisa de um enredo que estimule mais o público. Toru acaba tendo problemas com poderosos e a polícia. A série traz humor, drama e, claro, cenas de sexo!

***

 

PRIME VÍDEO

Goliath – 2 temporadas – 2016

O maior mérito da série é a atuação de Billy Bob Thornton que tem aquele ar de cinismo necessário ao personagem do advogado que fundou uma das mais poderosas firmas de advocacia do mundo, mas acaba expulso por mau comportamento e desavenças com o sócio, interpretado pelo ótimo William Hurt. Ele acaba abrindo um pequeno escritório com uma equipe maluca e se mete em casos escabrosos. É bem divertida, surpreendente e um achado pra quem gosta de histórias de tribunal ( como eu!).

A Prime está chamando a 3ª temporada que estreia em 4 de outubro ( veja o trailer). Até lá quem não viu pode resgatar as duas temporadas anteriores.

***

 

A maravilhosa Mrs. Maisel – 2 temporadas – 2018

Uma das melhores e mais criativas séries que vi neste ano. Terminei a segunda temporada e agora espero ansiosamente a 3ª, que a Prime está chamando para...dezembro. Até lá quem ainda não conhece as histórias da dona de casa, de família tradicional judia, que resolve fazer stand-up em bares - em plenos anos 50 - depois que o marido a troca pela secretária...terá chance de se divertir muito. A protagonista, Rachel Brosnahan, é perfeita para o papel, mas tem atores incríveis nos personagens que a cercam, como Abe Weissman, que interpreta o pai, donos de alguns dos melhores diálogos da série. Que chegue logo dezembro !

***

 

The Shield – 7 temporadas – 2002

Esta é uma série policial daquelas bem tradicionais, mas tem um ritmo incrível. Ela é antiga, mas agora está inteira na Prime. Um grupo de detetives usa métodos pouco ortodoxos para resolver os casos, principalmente, junto à comunidade latina de Los Angeles. Além disso, também deixam escorregar alguma grana ilícita para o próprio bolso. O chefe do grupo é Vick Machey ( Michael Chiklis, premiado com o Emmy) e David Aceveda, o comandante que faz "olho branco" para as irregularidades porque quer se candidatar a prefeito. A série trouxe participações especiais importantes como Glenn Close e Forest Witacker e acabou recebendo o Emmy de Melhor Série Dramática.

___________________________________________________________

 

PODcineCAST – O QUE ESTÁ EM CARTAZ NOS CINEMAS

Yesterday, Chicuarotes e Entre Tempos, três boas pedidas em cartaz nas salas de Floripa.

Trilha: Carry that Weight (Paul McCartney)

___________________________________________________________

THE END

(*)Fotosdivulgação/reprodução

Tags:
cinema séries beijos de cinema arte cultura séries de TV netflix
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Brígida Poli

Brígida Poli

é jornalista. Cinéfila desde criancinha, converteu-se à mania das séries depois de assistir a "Os Sopranos". Não se considera crítica de cinema, apenas alguém que gosta de trocar ideias sobre a sétima arte.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!