Agosto 30, 2019

A ciência adverte: ver séries pode matar!

A ciência adverte: ver séries pode matar!
Divulgação/CBS

Nesta edição vamos deixar o cinema um pouco de lado para falar de séries, algumas recém lançadas e outras escondidinhas que merecem ser descobertas. Tem também as novas temporadas das que já caíram no gosto dos seriéfilos e que merecem uma maratona.

Antes um alerta : cientistas da Universidade de Osaka, no Japão, fizeram uma pesquisa sobre o hábito de assistir vários episódios em sequência. Segundo eles, o binge watching ( maratonar séries) aumenta o risco de morte precoce. Ficar horas no sofá, assistindo episódio atrás de episódio equivale a uma viagem de avião, o que pode provocar embolia pulmonar por causa da falta de circulação no sangue.

Mas, não "priemos cânico": se você fizer alongamentos e movimentos aeróbicos pelo menos a cada uma hora, isso já ajuda na circulação e a diminuir os riscos. Prometem que vão se cuidar? Então, aqui vão algumas sugestões de séries para você assistir do jeito que mais gosta. Se tiver outras , escreva indicando.

Boa leitura, boas séries e ... não esqueça dos exercícios.

Um abraço.

Brígida De Poli

___________________________________________________________

HBO

Novos títulos

The Righteous Gemstones – 9 episódios - 2019

Só estou no segundo episódio, mas aviso que a história é ácida e ao mesmo tempo nos parece próxima: uma família mundialmente famosa de pastores com programa de televisão ( os chamados televangelistas) apresenta uma longa tradição de desvios, ganância e caridade em nome do Senhor. Os Gemstones tem um conglomerado de igrejas de onde tiram muito dinheiro.  O patriarca, um viúvo inconsolável, é interpretado pelo ótimo John Goodman e o filho mais velho é Danny McBride, criador da série. A família disfuncional se completa com o filho caçula e a filha , sempre à margem por ser mulher. Muita loucura, hipocrisia e um certo suspense.

***

 

Nossos garotos ( Our boys) – 10 episódios - 2019

Our Boys repercute o assassinato de três adolescentes judeus raptados por militantes do Hamas em 2014. Depois disso, um garoto palestino de Jerusalém Oriental é seqüestrado e queimado vivo por extremistas judeus, como forma de retaliação. Na série, um agente do departamento de terrorismo interno da Shin Bet – a agência de segurança de Israel – começa a investigar o crime, enquanto os pais do adolescente buscam por justiça e consolo. A história é real e faz parte da guerra de Gaza de 2014 – chamada pelos israelenses de Operação Margem Protetora. A série foi integralmente filmada em Israel. Os americanos não gostam de ver filmes legendados, mas esta série foi levada ao ar nos EUA com áudio em árabe e hebraico.

Os três primeiros episódios estão disponíveis na HBO.

***

 

Novas temporadas

Succession – 2ª temporada – 12 episódios

Outra família disfuncional e gananciosa, dona do quinto maior conglomerado de entretenimento e comunicação do mundo. Logan, patriarca dos Roy é especialista em humilhar os quatro filhos, todos de olho na sucessão do pai nas empresas milionárias. Quem leva uma vantagenzinha aqui é a filha, Shioban, mais esperta que os irmãos , mas que casou com um homem "inferior" que só pensa em ascender na carreira. É um daqueles grupos em que é impossível ter simpatia por algum personagem. Todos são horrorosos, mas a gente acaba com certa pena do primogênito do segundo casamento de Roy, que tenta se desvencilhar do pai a quem ama e odeia na mesma proporção. O elenco é ótimo a começar pelo ator escocês Brian Cox, o pai;  Kieran Culkin ( o irmão de Macauley Culkin) que interpreta o detestável caçula e a australiana Sarah Snook.

A 1ª temporada está completada na HBO. A 2ª já tem 4 episódios disponíveis.

***

 

Westworld – 3ª temporada – 2019

Assisti ao filme de 1973, escrito e dirigido pelo criador de best seller, Michael Crichton, e nunca esqueci. Quando li que a HBO faria uma série baseada na história original, vibrei. A primeira temporada foi ótima, mas da segunda não gostei. A 3ª temporada vem chegando cheia de expectativa, ambientada de forma bem diferente das duas anteriores. A ver.

A trama: Westworld é um parque de diversões futurista que permite a seus visitantes viverem suas fantasias através da consciência artificial. Não importa o quão ilícita a fantasia pode ser, não há consequências para os visitantes do parque. Pagando bem caro, eles podem duelar, matar índios, estuprar a mocinha. Mas quem viu Blade Runner sabe o que pode acontecer quando a inteligência artificial é...inteligente demais.

***

 

A serem descobertas

Gentleman Jack – 1 temporada – 2019

Um drama histórico, feito em parceria com a BBC, que traz uma história peculiar para a época. A trama acompanha alguns momentos da vida de Anne Lister, uma mulher lésbica à frente de seu tempo, que, em 1832, decide retornar à sua cidade natal e mudar as coisas por lá. É baseada nos diários da verdadeira Anne que se tornou uma magnata do carvão na década de 1830. Para mim, um dos grandes méritos da série, além do capricho na reconstituição de época, é o trabalho da protagonista, Suranne Jones, conhecida principalmente por seu papel em Doctor Foster. Difícil imaginar o papel feito por outra atriz. Ela passa credibilidade, força e atrai a simpatia para o personagem de Lister. A série foi renovada para uma segunda temporada.

***

 

Years and Years - 1 temporada – 2019

Talvez vocês já tenham visto, mas fiquei com a impressão que esta série não teve a audiência que merecia. É uma distopia ( um futuro bem próximo ) que mostra algumas mudanças bem verossímeis na sociedade, na tecnologia e na política. Ah, a política...a maravilhosa Emma Thompson interpreta uma empresária, candidata a deputada que começa sem chance alguma, mas se dá bem quando percebe o vácuo que pode ocupar diante da insatisfação e desesperança reinante. Oportunista, preconceituosa e conservadora, ela acaba chegando a Primeira Ministra. O centro da história é a grande e agitada família Lyons , ambientada logo após o Reino Unido sair da União Europeia, Donald Trump ser reeleito para um segundo mandato e a Rússia invadir a Ucrânia. Tudo isso mexe com a estrutura do país e da família e eles têm que se virar pra sobreviver. Pra não cometer spoiler paro por aqui. O restante do elenco também é ótimo. Padrão de qualidade BBC.

***

 

TNT Serie

I´m the night – 1 temporada – 6 episódios

Esta série me causou um certo desconforto. O personagem George Hodel é real, embora a minissérie não seja documental. A trama: Fauna Hodel foi dada ainda recém-nascida para uma atendente de um cassino, em 1949. Ela cresceu achando que era mestiça. Adulta, decidiu  pesquisar seu passado e acabou descobrindo  uma estranha ligação entre sua vida e o caso de George Hodel, um ginecologista de Hollywood suspeito de estar envolvido no assassinato de várias mulheres. Quem a ajuda a descobrir sua história é um jornalista decadente, cuja carreira foi destruída por forças poderosas quando tentou chegar à verdade sobre o médico. Chris Pine, famoso por interpretar o Capitão Kirk na nova geração de Jornada nas Estrelas e por Steve Trevor em Mulher Maravilha, me surpreendeu pela atuação convincente como o repórter.

***

 

Miracle Workers – 1 temporada – 2019

Com todo respeito, se pode dizer que nesta comédia Deus (Steve Buscemi) está de "saco cheio" depois de dedicar sua existência a cuidar da Terra. Agora ele está mais interessado em focar nos seus próprios interesses e se divertir com seus hobbies favoritos. Enquanto isso, Craig (Daniel Radcliffe, o eterno Harry Potter), é o anjo responsável por ouvir as orações das pessoas e que precisa realizar um difícil milagre a fim de evitar a destruição da humanidade.

(Fim da 1ª parte)

___________________________________________________________

 

PODcineCAST

Um podcast feito de forma rudimentar pra indicar os melhores filmes em cartaz nos cinemas da capital.

___________________________________________________________

 

CINEMA & LIVROS - DICA

O Clube do Filme – Autor: David Gilmore -  Editora Intrínseca – 2009

O livro é resultado de um impasse que o crítico de cinema e escritor canadense David Gilmore enfrentou quando Jesse, seu filho de 15 anos, resolveu deixar a escola onde ia muito mal. O pai fez uma proposta peculiar para o garoto: aceitaria que ele deixasse os estudos provisoriamente desde que não se envolvesse com drogas e que assistisse a três filmes por semana com ele. Esse seria o aprendizado do jovem durante algum tempo. E assim foi: pai e filho criaram o Clube do Filme, onde assistiram a mais de 100 películas que originaram conversas sobre tudo. A lista incluiu desde clássicos como Cidadão Kane e Assim Caminha a Humanidade até coisas como O Massacre da Serra Elétrica e Instinto Selvagem. É uma leitura fácil e deliciosa para quem curte cinema e ainda pedagógica para pais e filhos.

___________________________________________________________

THE END

(*)Fotosdivulgação/reprodução

 

Tags:
cinema séries beijos de cinema arte cultura séries de TV netflix
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Brígida Poli

Brígida Poli

é jornalista. Cinéfila desde criancinha, converteu-se à mania das séries depois de assistir a "Os Sopranos". Não se considera crítica de cinema, apenas alguém que gosta de trocar ideias sobre a sétima arte.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!