Setembro 24, 2020

Abraji monitora bloqueios de jornalistas no Twitter por autoridades públicas

Abraji monitora bloqueios de jornalistas no Twitter por autoridades públicas

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) iniciou este mês um monitoramento contínuo dos jornalistas bloqueados por perfis de autoridades no Twitter. O levantamento segue até agosto de 2021 e tem como objetivo buscar formas de impedir que políticos e outros gestores públicos restrinjam o acesso as postagens na rede social.

A questão é abordada no Projeto de Lei 2630/2020, o PL das fake news, aprovado no Senado e que está sob discussão no Congresso. De acordo com o artigo 19, perfis de autoridades e órgãos públicos nas redes sociais são de interesse público e, por isso, não podem restringir o acesso de outras contas a suas publicações.

O monitoramento será feito com apoio da Open Society Foundations. Jornalistas de sites independentes, coletivos e da grande imprensa podem preencher um formulário, aqui, relatando o caso e anexar um print da tela com a mensagem de bloqueio.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!