Dezembro 05, 2018

Após crueldade com cão, Masterchef corta Carrefour

Após crueldade com cão, Masterchef corta Carrefour

A edição de ontem, 4, do “MasterChef”, da Band, decidiu cortar o nome do Carrefour da exibição, após o patrocinador se envolver em um polêmica durante o final de semana. Um funcionário do hipermercado foi acusado de matar brutalmente um cachorro em um sede de Osasco, em São Paulo.

O programa de culinária esteve entre os assuntos mais comentados da última terça-feira. As pessoas exigiam o fim da parceria entre o reality e a rede, principal patrocinadora da atração.

O conteúdo relacionado ao Carrefour foi ocultado da atração. Diferente do comum, Ana Paula Padrão não citou a marca quando um participante venceu a prova e ganhou R$ 1 mil no cartão para gastar em um dos estabelecimentos. Ao anunciar que o cozinheiro havia ganhado o benefício, o merchandising que normalmente é feito foi cortado da edição.

Aliás, diversos famosos também se manifestaram nas redes sociais sobre o caso. Entre eles Tata Werneck: “Nos digam como farão a partir de agora para mostrar que não são coniventes com essa crueldade. Como vocês vão fazer com os animais que, com fome, vão atrás de comida? Vão matar? Não entro mais nesse mercado”.

Kéfera também não ficou calada. “E aí, Carrefour, o que será feito com o segurança que agrediu e envenenou o cãozinho de rua que estava no mercado de vocês em Osasco?”, questionou. Giovanna Ewbank fez uso do desabafo de Tatá para repudiar o ocorrido, e o cantor Felipe Araújo também tomou partido.

Milhares de internautas fizeram posts comoventes na internet, inserindo o perfil da rede de hipermercados a fim de chamar atenção. Eles compartilham a mesma imagem: do cãozinho indefeso pintado, com uma coroa flutuante de anjo na cabeça.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!