Março 25, 2019

Briga de autoridades via Twitter é um péssimo exemplo

Briga de autoridades via Twitter é um péssimo exemplo
Reprodução

Quando adolescentes, membros da família ou mesmo amigos exageram no uso das redes sociais a gente interage e dá um "alerta". Mas, quando duas autoridades máximas passam o fim-de-semana batendo boca pelo Twitter o que se faz? E não duas autoridades quaisquer, são Presidentes da República e da Câmara Federal, cujos textos são capazes de derrubar a bolsa de valores e aumentar o dólar.

E em jogo, está o futuro da gestão do País, com a apreciação da reforma da Previdência Social.

Estava tudo bem encaminhado até há pouco. Jair Bolsonaro com apoio popular, até recente pesquisa de avaliação do governo, e político, com várias manifestações favoráveis. Maia entronizado como um guardião do Legislativo, disposto a batalhar pelos votos de aprovação.

Tudo foi por terra com tuítes que mexeram com a vaidade do deputado, a partir do filho do presidente, e este, querendo empurrar o abacaxi da aprovação para as contas de Maia. Parecido com uma briga de comadres, mas muito cara para todos nós.

Esperemos que esta segunda-feira, 25, marque o retorno ao bom senso aos dois tuiteiros e que os bombeiros da razão entrem em campo imediatamente. É o mínimo que se espera deles, como líderes da nação. Afinal, a maioria dos inimigos está indo para a cadeia.

 

Sapo enterrado

O programa "Bem Estar" virou o patinho feio da programação Globo. Foi retirado do ar na Bahia para melhorar a audiência (mas não adiantou), o apresentador Fernando Rocha foi demitido e a companheira Maria Ferrão pediu demissão semana passada. Não se sabia exatamente porque, só agora, quando se revela o contrato da substituta, Michele Loreto, dá para ter uma ideia: ele diz que a moça é apresentadora de quadro. Diz-se que a emissora pensa em ter um outro programa nas manhãs, apresentado por Fernanda Gentil, e o Bem Estar seria apenas um apêndice.

De qualquer maneira, a manhã passou a ser um problema na Globo, diante dos "jornalísticos" das concorrentes. Ela bem que gostaria de mexer completamente nos conteúdos, mas pode ser que não tenha tempo de fazer isso imediatamente. Até lá, Record e SBT vão aproveitando o flanco para ganhar alguns pontinhos no Ibope no Painel Nacional de Televisão.

 

 

Viaduto

As emissoras locais cobriram a inauguração e o primeiro dia do viaduto do Rio Tavares. Mas nenhuma captou imagens aéreas que daria uma ideia exata do movimento: ou de helicóptero, que virou sonho distante, ou mesmo de um drone.

Assim, ficou a dúvida: o Bom Dia Catarina da NSC mostrou engarrafamento e o SC no Ar, da Ric, mais tarde, trânsito livre na área.

 

Cumprimentos

Boa noite Bonner, boa noite Renata, boa noite a todos.

O bordão virou abertura de todos os repórteres do Jornal Nacional e copiados por todos os noticiosos país afora. Ficou over. É só dar uma vez "boa noite", pois valeria para todos.

 

Legais

Hoje, o Diário Catarinense tem 40 páginas no total, dos quais 14 são de balanços.

 

Mercado

 

 

Não apenas os repórteres e apresentadores de baixos salários que estão descontentes com o Jornalismo atual. Profissionais mais graduados gostariam de tomar novos rumos.

 

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!