Dezembro 09, 2019

Cambridge Analytica enganou usuários do Facebook, aponta investigação

Cambridge Analytica enganou usuários do Facebook, aponta investigação

Reguladores dos Estados Unidos declararam na sexta-feira, 6, que descobriram que a agora extinta empresa de consultoria britânica Cambridge Analytica enganou consumidores sobre a coleta de dados do Facebook para definir o perfil de eleitores.

A Federal Trade Commission (FTC) também constatou que a Cambridge Analytica se envolveu em práticas enganosas ligadas à participação na estrutura do Privacy Shield UE-EUA - um pacto sobre a transferência internacional de dados pessoais.

A ordem do órgão proíbe a Cambridge Analytica de se manifestar sobre se ela protege privacidade e confidencialidade das informações pessoais. Também impede que a empresa de consultoria participe da estrutura do Privacy Shield UE-EUA e de outras organizações reguladoras similares.

O pedido ocorre após o Facebook concordar em julho em pagar uma multa recorde de 5 bilhões de dólares à FTC para resolver uma investigação do governo sobre suas práticas de privacidade. O órgão governamental continua investigando a empresa em um caso antitruste separado.

A investigação da FTC foi desencadeada por alegações de que o Facebook violou um decreto de 2012, ao compartilhar indevidamente informações de 87 milhões de usuários com a empresa de consultoria. As informações são da Reuters.

Tags:
web
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!