Abril 30, 2020

CBN Diário fica menor

CBN Diário fica menor

Não se trata apenas de número de profissionais, mas isso também conta: desde que o grupo NC assumiu, a rádio CBN Diário tem encolhido. Não é só a olhos vistos, mas a ouvidos também: há cada vez menos vozes no ar. A equipe é pequena e o cobertor fica cada vez mais curto. Em alguns horários locais vão ao ar gravações intemporais (como se estivessem lendo wikipédia).

A saída de Paulo Branchi ontem, 29, deixa a emissora com apenas um narrador de ofício, Salles Jr. Estilos diferentes. Paulo Branchi, mais sóbrio, comandante de jornada e bom apresentador de programas de jornalismo. O outro, mais estridente, frases prontas e muitos abraços (mais de cinquenta por bola rolando).

Foi um corte salarial, sem dúvida, que preserva colegas com rendimento maior. No final das contas, quem cortou gosta do estilo que restará no futuro, quando o futebol voltar.

Tornou a rádio menor, em todos os sentidos.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!