Agosto 09, 2018

CERVEJA NA MISSA

CERVEJA NA MISSA
Foto: reprodução/NBC

Entre uma oração e outra, um gole de cerveja. O que pode ser visto como uma heresia por muitos, parece ter se tornado um diferencial para uma igreja da Califórnia, nos Estados Unidos.

A Igreja da Comunidade do Propósito Maior (The Greater Purpose Community Church) foi fundada há cinco anos e há alguns meses funciona de maneira improvisada em um espaço gastronômico da pequena cidade de Santa Cruz, na região de Sacramento.

Durante as celebrações o consumo de cerveja é permitido.

“Não há nada na Bíblia que diga que você não pode beber álcool de maneira responsável”, diz o pastor Chris Van Hall em entrevista para a rede NBC.

E complementa: “uma cerveja ou duas, podem até melhorar o sermão”.

A antiga sede da igreja foi vendida e com o dinheiro a congregação está reformando um prédio que vai abrigar o novo templo e uma cervejaria.

O brewpub deve produzir a bebida a ser consumida por fiéis e público em geral, antes, durante e depois dos cultos. A intenção da congregação é reverter de 30 a 60% dos lucros para programas de caridade.

Aos moradores que não gostaram da ideia, Van Hall tem lembrado que cerveja e religião tem uma ligação muito próxima a séculos:

  • Na idade média monges produziam cervejas em mosteiros europeus;
  • Até o Concílio II (em 1962) os padres costumavam abençoar barris de cerveja durante as missas; e
  • Algumas das melhores cervejas do planeta – as trapistas – são produzidas em monastérios belgas. São marcas como Orval, Le Trappe, e Chimay.

____________________

 

É GOSTOSO PORQUE VENDE MAIS? OU VENDE MAIS PORQUE É GOSTOSO? 



Fotos: Divulgação

Difícil responder a pergunta do título. O fato é que o desempenho dos últimos cinco anos garantiu a Bayley’s o título de Liquers Brand Champion 2018. O instituto que audita os dados das principais marcas de bebidas do segmento constatou que as vendas em 2017 aumentaram 7,8% em relação ao ano anterior. Em unidades a Diageo vendeu 6,9 milhões de caixas do licor irlandês, algo em torno de 62 milhões e 100 mil litros da bebida. É quase o dobro do segundo colocado (Malibu) e mais que o triplo que o terceiro colocado (De Kuyper).

O crescimento nas vendas foi atribuído a um esforço de marketing que procurou reposicionar o produto e colocá-lo como um “momento premium para adultos”, diz diretor mundial da marca, Graine Wafer.

A Amarula, muito consumida no Brasil aparece no quadro abaixo porque retomou uma pequena fatia do mercado no ano passado, depois de quatro anos estagnada. Mas o licor de maruleira é o nono no ranking dos mais vendidos.

___________________

 

 

ARRIBA 


Foto: divulgação

Apesar do aumento das barreiras norte-americanas, destilarias mexicanas estão comemorando o bom desempenho da venda de tequila. O consumo no mercado interno aumentou 15,7% no primeiro semestre, em comparação com o mesmo período do ano passado. O Iscam, instituto que analisa dados de consumo, calcula que a tequila responde por 27% do mercado total de bebidas alcoólicas no país.

Ainda sobre tequila a Azuñia (foto), uma das poucas marcas orgânicas e com cultivo sustentável, começou uma campanha ambiental interessante. O movimento No Plastic Straws 365, convida o consumidor a abandonar o canudo plástico e compartilhar a iniciativa nas redes sociais. O cálculo é que 500 milhões de canudos são usados diariamente só nos Estados Unidos. E pelo menos 100 mil peixes, tartarugas e outros animais marinhos morrem por ano, por conta do consumo de resíduos de plástico.

____________________________

 

AND THE OSCAR GOES TO...

Seis vinhos de Santa Catarina ficaram na lista dos 12 melhores do país. A escolha foi no fim de semana na ViniBraExpo. O evento foi realizado no Rio de Janeiro e é considerado um dos mais importantes do país neste segmento. Quarenta especialistas de seis países participaram de degustações às cegas e avaliaram mais de 500 rótulos. A coluna mergulhou na lista dos premiados e pinçou os vinhos e espumantes de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, reconhecidos no evento:

No balanço final do ViniBraExpo - considerando os mais de 500 exemplares avaliados - os especialistas escolheram os três melhores rótulos do ano. E tem catarinense na lista:

- Espumante: Aurora Pinto Bandeira Extra Brut NV (RS)

- Branco: Guaspari Chardonnay Vista do Lago 2015 (SP)

- Tinto: Suzin Cabernet Sauvignon 2012 (SC)

___________________________

 

SHOT

Cervejaria Blumenau suspendeu o 2º BBQ Beer Blumenau, que seria realizado neste sábado (11) na fábrica, em Blumenau. O evento foi transferido para 22 de setembro, data de fundação da empresa. Enquanto isso a Eisenbahn começou gravar nesta terça (07) a nova edição do reality Mestre Cervejeiro. Programa migrou do TNT para o Multishow. Estreia é no dia 26 de agosto.

Fabricante de refrigerantes Fruki, do Rio Grande do Sul, entra oficialmente neste sábado (11) no mercado de cervejas. São inicialmente cinco rótulos: IPA, blond ale, witbier, weiss e premium lager. O lote inicial está sendo produzido em uma cervejaria parceira em Campo Bom (RS), mas a intenção é construir uma cervejaria própria em Lajeado (RS) até 2020.

Vinícolas francesas estão preocupadas com a falta de mão de obra para a colheita da safra deste ano – tradicionalmente feita por jovens universitários. A Associação Nacional de Emprego e Formação na Agricultura (Anefa) explica que muitos estudantes deixaram de se candidatar ao trabalho temporário por conta de uma mudança no calendário escolar. A vindima começa tradicionalmente em setembro, período de férias de verão. Mas depois de algumas reformas no calendário escolar, faculdades decidiram antecipar o reinício das aulas para o mesmo período.

Tags:
vinhos cervejas cerveja artesanal drinks destilados whiskey gastronomia portal makingof
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!