Outubro 17, 2019

Comentarista não concorda com demissão após declaração machista

Comentarista não concorda com demissão após declaração machista

O comentarista Daniel Campelo, demitido nesta semana da Rádio Jovem Pan de Fortaleza, após fazer um comentário machista ao vivo, disse que não achou certo a decisão da emissora.

"Penso que não (foi a decisão certa do grupo), até porque não ofendi a figura da mulher. Apenas emiti minha opinião contrária a arbitragem feminina ou não se pode mais dar opiniões?", declara ao jornal O Povo e afirmou ainda "ter o maior respeito quanto a mulher, em si".

Sem contrato com a emissora, Daniel Campelo declarou que está de férias após 54 anos de rádio e expôs que pretende continuar a vida como comentarista por estar recebendo solidariedade de ouvintes.

"(Vou continuar) da mesma forma de sempre: com conhecimento e acima de tudo imparcialidade. Aguardo 'cartas'. Estou livre e pronto para a nova emissora, até porque o que tem de solidariedade é uma grandeza. Gente dizendo que não vai mais ouvir eles lá, gente dizendo sem o Daniel não tem graça o programa e por aí vai", finalizou.

No último domingo, 13, questionado sobre a participação de mulheres na arbitragem do futebol brasileiro, o comentarista afirmou: "Não acho uma boa, não. Acho que mulher deve tomar conta é da casa, do marido e dos filhos". Depois da declaração, ele foi dispensado pela emissora.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!