Agosto 04, 2020

Corinthians pode contaminar a final do paulista

Corinthians pode contaminar a final do paulista

As constantes violações dos protocolos de saúde chamam a atenção em todo o Brasil, o segundo país do mundo em contaminados e mortos na pandemia. Quando chega aos principais clubes de futebol o exemplo negativo ganha mais destaque.

O Corinthians não quis testar jogadores e comissão técnica para o primeiro jogo do final, amanhã, 5, contra o Palmeiras. A alegação é que o grupo está concentrado há 14 dias, sem contato com familiares, embora tenha jogado domingo passado contra o Mirassol.

O adversário Palmeiras, que fará testes, reclamou, e o assunto foi para o debate político.

Em nota, a diretoria do Corinthians ressaltou que "nenhuma tentativa de tumultuar o ambiente será admitida e repudia a prática que se repete há três anos, quando a equipe chegou às finais do Estadual consecutivamente".

Em reunião na Federação Paulista de Futebol, ontem, 3, foi selado um acordo entre os clubes que também é contrário as regras. Os dois só precisarão fazer testes antes do jogo final, domingo que vem. A politicagem esportiva venceu.

É um sinal de alerta para o Brasileirão que já vai começar. Se a CBF não tiver pulso firme e se os times envolvidos não forem responsáveis, as consequências serão desastrosas para a saúde no futebol.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!