Janeiro 25, 2020

CRIATIVIDADE PREMIADA

CRIATIVIDADE PREMIADA
Foto: Montagem/Divulgação

Novos e criativos gins brasileiros participaram em peso do World Gin Awards, organizado pelo site/revista inglês TheDrinksReport.com. Entre os premiados na categoria “Brasil”, alguns já referidos pela coluna: Vitória Regia, Jungle, Ammázoni, e o lupulado Lebbos (da ora questionada cervejaria mineira Backer), além do paulista BEG, e o paranaense Hambre.

Destaque para quatro bebidas que receberam a premiação como os melhores de cada categoria (foto) e conquistaram vaga para disputar o título de melhor gin do mundo, em fevereiro.

 

CLÁSSICO

BEG New World Navy Gin (best)

Lebbos Hop Dry Gin (gold)

 

CONTEMPORÂNEO

Territórios YVY Cerrado (best)

Jungle Gin (ouro)

BEG Modern& Tropical (prata)

Lebbos Hop Dry Gin (prata)

Arapuru Gin (bronze)

 

SABORIZADO

Vitoria Regia Organic Rose (best)

 

LONDON DRY

Amázzoni Gin Rio Negro (best)

BEG Brazilian Boutique Dry Gin (ouro)

Vitoria Regia Organic London Dry(ouro)

YVY Destilaria Mar (prata)

Ôxe Gin Rain Forest Gin (prata)

Hambre Gin The SomewhereDry Gin (bronze)

 

BOTANICO ASSINATURA

BoiëPassionOrganic Gin (silver)

 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SABOR G&T 

Foto: SKOL/Divulgação

Garota propaganda e “head” de criatividade e inovação da Skol Beats, a cantora Anitta apresentou na semana passada, mais uma variação do drink. É o Skol Beat GT, que lembra um Gin & Tonica. O produto tem 7,9% de teor alcoólico e já estava em linha. Mas está sendo atualizado (e reposicionado), de olho no carnaval.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

DRINK DE AMARULA 

A Amarula, tradicional bebida sul africana, está aproveitando o verão para divulgar novas formas de consumir o licor. A mais simples, e leve, é o AmarulaCoconut, que mistura o licor com água de coco e gelo (vídeo).

Além da atuação na internet, a empresa montou uma equipe que tem visitado bares do litoral paulista para degustações e um trabalho de educação do consumidor sobre a versatilidade do produto.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

RECONHECIDOS

Foto: Wset/Divulgação

Rede mundial de educação sobre vinho e bebidas destiladas a WSET decidiu marcar os 50 anos de fundação com o reconhecimento aos futuros influenciadores da indústria global de bebidas. O Future 50 iniciou com a seleção de 600 nomes (com menos de 40 anos) que deram alguma contribuição significativa nos últimos três anos ao segmento de bebidas. Entre os pré-selecionados, enólogos e destiladores, designers e historiadores, profissionais de logística, jornalismo, marketing e hospitalidade.

A lista final reúne 50 profissionais de 14 países. Entre eles o brasileiro Paolo Brammer (foto), co-fundador da Eno Cultura; e o argentino Santiago Mayorga, enólogo da Bodegas NietoSenetiner.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ALCOÓL x GENÉTICA

Foto: Pexels/Divulgação

A suspeita já existia, mas foram os pesquisadores da Universidade de Liverpool, na Inglaterra, que confirmaram: pessoas que bebem acima da média (cinco garrafas de vinho por semana para homens e três para mulheres) possuem seis variações no DNA que explicam porque o consumo tende a ser maior. O estudo foi feito com 125 mil pessoas que responderam a questionários sobre os hábitos de consumo e cederam amostras de sangue para mapeamento genético, informa o Daily Mail.

Entre essas variações, dois genes são específicos para regular a relação com a bebida. Um deles participa do sistema de prazer e recompensa, enquanto o outro torna o álcool e os alimentos açucarados mais agradáveis ao paladar. Um terceiro gene regula o metabolismo do álcool, o que explicaria porque algumas pessoas demoram a sentir os efeitos da bebida.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CURSO

Interessados em aperfeiçoar os conhecimentos sobre vinho tem uma boa oportunidade em Bento Gonçalves. Estão abertas as inscrições para o tradicional “Curso Básico sobre Elaboração de Vinhos”. Promovido pela Embrapa, o curso tem a intenção de incentivar pequenos produtores que queiram se profissionalizar no mercado de vinhos e sucos. São dois cursos com dois dias de duração cada (programação abaixo). O custo é de R$ 300 e os interessados devem se inscrever pela internet.

 

Tags:
vinhos cervejas cerveja artesanal drinks destilados whiskey gastronomia portal makingof
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Jefferson Douglas da Silva

Jefferson Douglas da Silva

Jornalista com especialização em Gestão de Marcas, atuou por mais de 25 anos em jornais e emissoras de televisão de Chapecó, Blumenau, Joinville e Florianópolis. Foi repórter, editor, apresentador e gestor de equipes de TV, entre elas a chefia de redação da RBS TV. Tem experiência em assessoria de comunicação e relações públicas nas áreas governamental e privada. Conhece em detalhes a rotina de cantinas que produzem vinho colonial no Oeste do estado e alambiques do Vale do Itajaí. Fez cursos de coquetelaria (Senac) e produção artesanal de cerveja (Escola Superior de Cerveja e Malte). Apaixonado por vinhos, estuda o assunto desde 2001.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!