Março 24, 2020

Cura vírus: ciência, que depende riqueza, Governo e povo

Cura vírus: ciência, que depende riqueza, Governo e povo

Precisamos de ciência e tecnologia de saúde para derrubar o coronavírus. Ciência e tecnologia são desenvolvidas numa sociedade pela educação. Que para resolver problemas concretos, como o coronavírus, tem que voltar sua pesquisa e seu ensino para esses problemas concretos.

O coronavírus não é o único vírus que ataca o Brasil, e que precisa ser resolvido pela ciência e tecnologia, pela pesquisa e ensino aplicados. O desemprego é um vírus, a fome é um vírus, a corrupção política é um vírus, as milícias são vírus, a má distribuição de rendas é um vírus. Todos esses vírus só poderão ser abatidos por uma educação que enriqueça todos os brasileiros, ensinando-os a trabalhar, ser produtivos, ser empreendedores. E com isso recolher para o governo uma alta quantidade de impostos, para serem aplicados no combate a todos esses vírus, especialmente através do investimento na educação que pesquise cientificamente todos esses problemas e ensine a toda a população as tecnologias para combater o vírus do corona, o vírus da fome, o vírus da corrupção política, o vírus das milícias, o vírus da má distribuição de rendas, etc.

Para fazer isso, a educação tem que dedicar a metade de seu tempo diário à responsabilidade de garantir o sucesso das carreiras concretas de vida, trabalho, produtividade e empreendedorismo de todos os brasileiros, do nascimento à morte, com ajuda da revolução comunicacional-informacional que está aí. Na outra metade de seu tempo diário, a educação pode continuar a injetar em tais carreiras, mas devidamente combinado com o interesse delas, as tais matérias básicas acadêmicas – matemática, línguas, ciências, etc. – que são a única coisa ensinada na educação obsoleta que está aí.

Se voltarmos, desta forma, a educação para a produção e distribuição de rendas – e assim inclusive para a coleta de impostos pelo governo – implantaremos o único mecanismo capaz de enfrentar e resolver em caráter definitivo, com ciência e tecnologia aplicadas por toda a população, os problemas dos vírus do corona, da fome, do desemprego, da corrupção política, das milícias, da insuficiência ridícula do estado brasileiro e dos presidentes ignorantes – o pior de todos os vírus – escolhidos pelo povo. Que não tem educação objetiva para a vida concreta, o vírus da ignorância também, para produzir e empreender, escolher presidentes competentes, e com isso corrigir a pobreza nacional, que alimenta todos esses vírus. Que compõem uma economia e qualidade de vida péssimas para o povo brasileiro. A pior distribuição de rendas do mundo, segundo a ONU.

Vamos lá, Brasil! Uma educação para colocar ciência e tecnologia na cabeça de todos os brasileiros, para corrigir todos os nossos problemas concretos, matar todos esses vírus.  

*Ricardo Luiz Hoffmann é Formado em direito, técnico em assuntos educacionais da Universidade Federal de SC, aposentado.

Tags:
artigos opinião especialistas
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!