Agosto 15, 2019

Disney passa a comandar operações da ESPN Brasil após demissões

Disney passa a comandar operações da ESPN Brasil após demissões

As demissões promovidas pela ESPN Brasil, ontem, 14, fazem parte de uma reestruturação interna que a emissora será submetida. Segundo o UOL, a nova gestão, que ficará alinhada aos interesses do Grupo Disney, terá como prioridade reduzir a quantidade de programas de debates da grade e adquirir o direito de novos torneios e eventos para transmissões.

Esta seria uma maneira de tentar reverter a queda de audiência e de interesse na busca por pacotes vendidos ao consumidor. A prioridade, de acordo com a reportagem, é trocar os programas de debate por noticiários, para num futuro próximo passar a equilibrar na grade atrações noticiosas e jogos ao vivo.

Hoje os canais ESPN têm como destaque campeonatos do futebol internacional, como a Premier League e o Espanhol, além de esportes americanos como a NBA, a NFL e a MLB.

Em conversa interna com os funcionários, na tarde de ontem, 14, a diretoria da Disney e ESPN anunciou as mudanças no canal e nomeou Rubens Pozzi como o novo chefe de redação e João Simões como novo chefe de produção. Embora estejam previstas mudanças na programação, a emissora não irá mexer em programas consagrados, como os tradicionais "Linha de Passe", "SportsCenter" e "Resenha ESPN", segundo o blog de Eduardo Ohata.

Ao todo, oito nomes de prestígio interno na emissora foram desligados do canal ontem, 14. A lista é capitaneada pelo vice-presidente de jornalismo João Palomino, o editor-chefe Arnaldo Ribeiro, o editor-executivo Eduardo Tironi, a coordenadora dos canais da empresa Renata Netto, o apresentador João Carlos Albuquerque, o 'Canalha', além dos comentaristas Juca Kfouri, Rafael Oliveira, Claudio Arreguy e Mauricio Barros. 

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!