Julho 29, 2020

Ela pensou em desistir da carreira, só que não

Ela pensou em desistir da carreira, só que não
Divulgação

Num primeiro momento, assim que a pandemia chegou com força no Brasil, e principalmente em Santa Catarina, a esteticista Lidiane Amaral cogitou até em largar tudo. Mas, ela que é mãe e empreendedora com mais de 16 anos atuando no ramo em Florianópolis, deciciu que iria se reinventar.

"Acredito que não só eu, mas muita gente ficou apreensiva sem saber qual rumo seguir. Mas, consegui refletir sobre fechar, dar um passo pra trás ou seguir empreendendo. E decidi seguir e não me arrependo", destaca.

Esse arriscar e seguir não foi à toa, Lidiane é referência não só na Capital Catarinense, mas também em outras cidades do Estado. E além disso, uma equipe de profissionais formadas por ela, dependiam economicamente desta parceria.

"Como mãe, empreendedora e atuando há tanto tempo com estética não pude desanimar. Precisei me reinventar e encarar um dia por vez durante a pandemia. Somos humanos, temos fragilidades, mas é preciso encarar de frente: compreender que a doença existe, mas que com cuidados podemos executar nosso trabalho em prol de outras pessoas também", enfatiza.

Ela confessa ainda que neste processo de ressignificação existem dias que bate uma tristeza, no entanto salienta que é preciso "sacudir a poeira e não ficar nessa frequência".

Lidiane conversou com a equipe por vídeo chamada e também por aplicativo de conversa e se uniu as colaboradoras, apoiando e tendo apoio também para seguirem firme nessa batalha.

O resultado dessa persistência é que atualmente, além dos atendimentos realizados no "Viva, mãe e criança" que fica na Rua Lacerda Coutinho, no Centro de Florianópolis, a gata ainda fechou parceria com salões de beleza renomados da Capital.

 

Ampliando os trabalhos

"Como tenho uma boa equipe, pude ampliar e abrir mais dois espaços para atendimento. Estamos atendendo no Studio Rivalli, que fica em Jurerê e também no Salão Iamar, no Porto da Lagoa", destaca Lidiane.

 

Proteção redobrada

"A cada atendimento já fazíamos a troca da roupa de cama, toalhas e nos atendimentos faciais já era obrigatório o uso da máscara. Agora as medidas foram redobradas, tudo para proporcionar bem-estar e segurnaça em um momento de relaxamento", completa Lidiane.

*****

 

Psicanálise vai ao Cinema

A edição da Sessão Psicanálise vai ao Cinema, promovida em parceria com a Fundação Cultural BADESC e a Escola Brasileira de Psicanálise - Seção Sul, vai abordar a opressão feminina. O debate online, que acontece no canal do Youtube da Fundação ( http://abre.ai/canalfundacaoculturalbadesc), será no dia 31 de julho, a partir das 19h.

 

O Despertar das Formigas

Da diretora costarriquenha Antonella Sudasassi Furniss, o filme O Despertar das Formigas será abordado na live que terá participação da psicanalista e colaboradora da Associação de Estudos e Transmissão da Psicanálise Lacaniana no Paraná, Valéria Beatriz Araújo e da doutora em Filosofia pela PUC-Rio, Raquel de Azevedo.

O encontro será mediado pela cineasta e curadora do Cineclube da Fundação, Vanessa Sandre. O longa está disponível e pode ser assistido gratuitamente no link: https://www.looke.com.br/filmes/o-despertar-das-formigas.

*****

 

Dia dela

Linda e loira, Bruna Tasca é quem marca mais um gol no campo da existência nessa quarta-feira. Feliz aniverário, gatíssima!

*****

 

COVID19 - Importância do atendimento precoce

O atendimento logo aos primeiros sintomas da Covid-19 pode salvar muitas vidas, especialmente neste momento de crescimento exponencial no número de casos e de óbitos em Santa Catarina.

Por isso, com o objetivo de informar a população sobre as novas orientações do Ministério da Saúde, o Movimento Floripa Sustentável e a Associação Catarinense de Medicina (ACM) lançaram, nesta segunda-feira (27), uma campanha nos veículos de comunicação, com depoimentos de médicos sobre a importância do imediato acolhimento do paciente que apresente os sinais do novo coronavírus.

A campanha traz gravações com os médicos Antônio Cesar Cavallazzi (pneumologista), João Ghizzo (ex-secretário da Saúde de SC), Luiz Alberto Silveira (ex-secretário da Saúde de Florianópolis) e Anastácio Kotzias Neto (conselheiro titular por SC no Conselho Federal de Medicina).

"Queremos contribuir na defesa da vida, levando à sociedade e autoridades informações essenciais sobre como enfrentar o grave quadro da pandemia em Santa Catarina e por que, diante da realidade dos números, é urgente aplicarmos de fato a mudança nas orientações frente aos primeiros sintomas, devendo ser recomendado o acolhimento precoce. O alerta é feito por entidades e centenas de profissionais da saúde", explicou Zena Becker, presidente do Movimento Floripa Sustentável, formado por 44 entidades da sociedade civil.

Para o presidente da ACM, Ademar José de Oliveira Paes Jr., o combate à pandemia precisa ser feito sobre três pilares: assistência médica, inteligência de dados e comunicação. "A assistência médica é a atenção à saúde, com toda a estrutura necessária, como equipamentos, equipes preparadas, leitos, testes, entre outras coisas essenciais; com os dados, podemos analisar cada momento e planejar as ações; com a comunicação, devemos ter um discurso unificado, que garanta às pessoas o direito a serem bem informadas, atendidas e saberem sobre os tratamentos. Com isso, passaremos mais segurança à sociedade", defendeu.

Criada pela agência Doc.Sync Floripa, a campanha foi realizada com a participação 

da ZIG Filmes, TumDum e DOT, em um trabalho totalmente voluntário. Destinada à TV, rádio, jornal, frontlight e mídias sociais, conta ainda com o apoio das empresas de comunicação que veiculam as peças educativas.  

 Assista os vídeos aqui

https://www.youtube.com/channel/UCGB3OD6mjseRqifUFzp2MMQ

 

 

 

Tags:
social entretenimento Floripa Florianópolis gente festas eventos agenda
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Yula Jorge

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. 
Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.

Comentários

Rancho Açoriano

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!