Maio 22, 2020

Apreensão de celular de Bolsonaro é 'inconcebível', afirma GSI

Apreensão de celular de Bolsonaro é 'inconcebível', afirma GSI

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general da reserva Augusto Heleno, criticou o pedido de apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A medida foi solicitada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello nesta sexta-feira, 22.

Em nota, Heleno considerou a solicitação "inconcebível" e "inaceitáve". Em nota publicada no Twitter, o ministro se pronunciou e disse que caso seja acatado o pedido é uma "afronta à autoridade máxima do Poder Executivo".

O pedido foi enviado por Celso de Mello para a Procuradoria Geral da República (PGR). Além do celular do presidente, o ministro requisitou a apreensão do aparelho do filho Eduardo Bolsonaro. Mello é relator do caso que investiga a suposta interferência do presidente nas atividades da Polícia Federal.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!