Agosto 23, 2018

EMPREGO DOS SONHOS

EMPREGO DOS SONHOS
Foto: Pexels/Divulgação

Já imaginou rodar o mundo com tudo pago, bebendo gin e fazendo posts em redes sociais. Pois esse emprego dos sonhos existe e a vaga está em aberto.

A rede inglesa Mr. Fogg’s (cujo nome é inspirado no personagem de Júlio Verne) está selecionando uma pessoa – com direito a acompanhante – para uma viagem ao estilo “Volta ao Mundo em 80 dias”. Entre os destinos, cidades como Hong Kong, Paris, Bombain e Nova York. A ação faz parte da estratégia de lançamento de um novo bar da rede.

Os viajantes serão responsáveis por documentar a viagem, degustar gin e recolher plantas e especiarias que vão ser usadas em um coquetel que fará parte do menu do bar.

Os pré-requisitos: ter mais de 21 anos, passaporte válido, ser bom em fotografia e redes sociais. Também é importante gostar de aventura; ter lido o livro de Júlio Verne e visitado algum estabelecimento da rede Mr.Fogg’s. O regulamento não fala nada sobre fluência em algum idioma, mas imagino que falar bem inglês seja fundamental. As inscrições podem ser feitas até 27 de agosto neste link.

-----------------------------------

 

CATARINAS NA TERRA DA RAINHA


Foto:
 Lohn Bier/Divulgação

Cervejarias catarinenses estão comemorando os resultados do World Beer Awards, realizado em Londres. O concurso, um dos mais prestigiados do mundo, divulgou a relação oficial das cervejas premiadas, neste fim de semana.

A Lohn Bier, de Lauro Muller, levou o maior número de medalhas entre as indústrias locais. Conquistou medalha de ouro, por exemplo, com a Carvoeira, a IPA Serra do Rio do Rastro, e com a Carvoeira Wood Aged. Mérito também pra Barley Wine, considerada a melhor do país, no estilo.

As estreantes Al Fero, de Nova Trento; Baly Bier de Tubarão; Sunset de Tijucas e Königs Bier, de Jaraguá do Sul também tiveram cervejas premiadas na Terra da Rainha.

A Eisenbahn, de Blumenau trouxe medalhas com a Eisenbahn 5 anos, Prestige, Weisenbier e Weizenbock. Já a Bierland garantiu mais uma medalha de prata para a super premiada Vienna.

Entre as grandes cervejarias, destaque para Colorado e Wälls que ajudaram a Ambev a somar 54 medalhas e manter o título de indústria mais premiada do evento pelo segundo ano consecutivo – como o Making Of informou na segunda-feira.   

Se você quer ver em detalhes as cervejas premiadas, a relação completa está nesse link. Boa leitura e God Save The Queen!!!

-----------------------------------

 

CERVEJA ROSA


Foto: Divulgação

 

A cerveja rosé tem sido apontada como a grande tendência do verão na Califórnia.

De olho no encantamento que a cor da bebida provoca – principalmente nas mulheres – algumas cervejarias norte-americanas ajustaram as receitas.

Tem empresa incluindo suco de fruta ou chás no mosto; fermentando cerveja com bagaço de uva e levedura de vinho ou espumante; e até misturando vinho e cerveja durante o processo de maturação.

Além de ajustar a cor, algumas receitas mudam o aroma, aumentam o corpo e o teor alcoólico das cervejas.

A Drake’s de San Leandro, começou a moda produzindo bebidas como uma Brut IPA com 7% de teor alcoólico. A bebida mistura cerveja com suco de uva branca, zimbro, funcho e coentro. A cor rosada fica por conta da adição de suco de toranja. Outra criação deles é uma IPA com adição de hibisco. A cerveja é amarga mas a cor você já imagina...

A moda se espalhou por cervejarias de toda Costa Oeste. Até quem não usa vinho na receita, como a Modern Times, de Santa Barbara, anda surfando a onda. A cervejaria relançou uma gose com adição de framboesa e hibisco. A cerveja é ácida, levemente salgada e – claro – rosada.

Quem acompanha o movimento cervejeiro no Brasil vai dizer que não é algo necessariamente novo por aqui. Fato - vide cervejas como a sour com jabuticaba da Bastards, ou a Rosália da Colorado – mas pode ser um indicativo de um comportamento que vamos perceber com ainda mais força no próximo verão. #FicaDica

-----------------------------------

 

SHOT

 

Cervejaria Bierland adiou a premiação do concurso que vai premiar a melhor receita de Catharina Sour. Data original era 11 de agosto, como a coluna informou anteriormente. Evento agora vai ser no dia 01 de setembro, junto com a comemoração dos 15 anos da cervejaria. Lembrando que dois catarinenses estão entre os finalistas do concurso: Daniel Córdova (Florianópolis) e William Subi (Penha). O outro concorrente é do Rio Grande do Sul.

 

Curitiba recebe cervejeiros de todo o Paraná e de outros estados no dia 25 de agosto para mais uma edição do Festival da Cultura Cervejeira Artesanal (FCCA). Evento vai ser no Largo da Ordem e é o início de um período de diversão e negócios na capital paranaense. No dia 28 começam ações para capacitar profissionais de bares e restaurantes sobre o mercado de cervejas artesanais; no dia 30 haverá competição de Planos de Negócios Cervejeiros e de 31 de agosto a 02 de setembro, ocorre o julgamento das cervejas inscritas no South Beer Cup 2018. A premiação dos vencedores vai ser na semana seguinte em Belém, durante o Festival Amazônico de Cerveja.

 

Uma garrafa de whisky japonês foi leiloada essa semana em Hong Kong por US$ 343 mil. O Yamazaki 50 anos faz parte de um lote raro, envelhecido em barris de carvalho japonês. São 30 mil dólares a mais que o whisky japonês mais caro até então – o Kuruizawa 1960. Apesar de impressionar, os valores são até modestos perto do whisky mais caro do mundo. Em maio, duas garrafas de Macallan 60 anos foram vendidas por mais de US$ 2 milhões.

Tags:
vinhos cervejas cerveja artesanal drinks destilados whiskey gastronomia portal makingof
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários