Julho 07, 2020

'Engenheiro formado' afirma estar 'apavorado' com repercussão

'Engenheiro formado' afirma estar 'apavorado' com repercussão

Após agredir verbalmente o fiscal da Vigilância Sanitária Flávio Graça, que fazia a inspeção de um restaurante na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, o homem de 43 anos que ficou conhecido como "engenheiro civil formado" e a esposa, Nívea del Maestro, afirmam que estão apavorados com a repercussão do vídeo, que repercutiu após exibição no Fantástico, domingo, 5.

“Estamos hoje com medo da nossa integridade física. Desde o momento em que a reportagem foi ao ar, as pessoas na internet começaram a nos ameaçar. Há 24 horas não dormimos, não comemos e só bebemos água. Estamos apavorados com tudo isso”, afirmou o engenheiro ao Globo.

“Estamos recebendo ameaças por telefone. Estão nos xingando, nos ameaçando, estamos apavorados. Eu não esperava essa repercussão. Estamos com medo de sair na rua”, vitimizou-se o homem, que afirma não ter havido agressão ou intimidação ao fiscal.

“Eu não tinha essa intenção. Como a mídia estava lá gravando, estávamos cansados e havíamos acabado de ser expulsos do restaurante, ficamos exaltados”, alegou o engenheiro civil formado.

A mulher do engenheiro chegou a ser demitida após insultar o fiscal.

Tags:
web
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!