Dezembro 06, 2019

Ex-repórter da Globo relaciona demissão a racismo

Ex-repórter da Globo relaciona demissão a racismo

Demitido depois de gravar o editor de Esporte do jornal O Globo comemorando a vitória do Flamengo na final da Libertadores, Adalberto Neto sugeriu uma questão racial no processo de desligamento do Grupo Globo. Ao colunista Leo Dias, do UOL, o jornalista afirmou não saber o real motivo da demissão.

"Realmente, não foi informado o motivo da minha demissão. Meu editor apenas disse que foi um pedido da direção pelo 'conjunto da obra', mas ele não soube responder – ou não podia – me informar a respeito", declarou ele em carta enviada a Dias.

O profissional informou ainda que não recebeu nenhuma advertência prévia ao desligamento e apontou a questão racial como suposto motivo da demissão. "Para quem tem o mínimo de letramento racial, é impossível não racializar essa minha demissão. A culpa não é nossa. Vem lá de trás. Da colonização", escreveu.

Mesmo se considerando uma vítima dos últimos acontecimentos, o jornalista agradeceu toda experiência no Grupo Globo e o destacou como um "grande diferencial na carreira de qualquer jornalista". Ele ainda aconselhou outras empresas a aumentarem o número de profissionais negros nos cargos de liderança.

Ele ainda compartilhou a carta nas redes sociais, veja aqui.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!