Setembro 11, 2019

Faca usada em ataque a Bolsonaro vai para museu em Brasília

Faca usada em ataque a Bolsonaro vai para museu em Brasília
Reprodução

A faca utilizada por Adélio Bispo no ataque ao presidente Jair Bolsonaro em setembro de 2018 será levada a um museu federal. O instrumento de 30 centímetros ficará exposto no Museu Criminal da Polícia Federal, em Brasília. 

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora (MG) atendeu a pedido do Ministério Público Federal (MPF) e da PF, considerando haver "relevante valor histórico" no instrumento.

O magistrado acrescenta que o objeto "representa não somente a violência sofrida pelo Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, quando estava em pleno ato de campanha eleitoral, no exercício dos direitos políticos assegurados pela Constituição da República, mas, sobretudo simboliza, a partir de uma ótica mais ampla, a agressão cometida contra o próprio regime representativo e democrático de direito".



Além do objeto, duas hastes parecidas com cotonetes que armazenaram material genético de Adélio e de Bolsonaro também integrarão o acervo.

Por causa da facada, Bolsonaro precisou ser operado quatro vezes. A última delas ocorreu no domingo, 8.

Já Adélio Bispo está preso desde o crime no presídio federal de Campo Grande (MS). Ele foi declarado imputável, ou seja, incapaz de responder pelas próprias atitudes, por ter insanidade mental. Assim, recebeu da Justiça a chamada absolvição imprópria, quando o réu é culpado mas não pode ser punido. Adélio está recusando tratamento psiquiátrico.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!