Agosto 07, 2020

Falta uma mão forte no combate à pandemia

Falta uma mão forte no combate à pandemia

Como em qualquer outra atividade de gestão pública, os sentimentos de ação e controle são necessários nesta época de pandemia. Só que ocorre justamente o contrário. De um lado, o Ministério Público determinando que o governo reassuma as decisões sobre a covid-19; de outro, o governo dizendo que está com a política acertada e dividindo as responsabilidades com prefeitos preocupados com a eleição; e no meio, a população em baixíssimo índice de isolamento, tocando a vida como se não houvesse vírus por aí.

Diante das incertezas, aparecem malucos com as propostas mais estapafúrdias, entre as quais a aplicação de ozônio pelo reto. Está na hora do governo bater na mesa e mudar radicalmente de postura. É preciso agora voz de comando, de alerta. Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta, pode ser que saia alguma nova decisão em encontro programado para esta sexta-feira à tarde.

Vem aí, pelo que ele disse, uma forte campanha de marketing para conscientizar a população. Certamente vai ajudar, mas só isso não basta. É preciso, além de novas ações, a retomada da liderança no processo, que deveria incluir um briefing diário das autoridades como ocorreu até junho. A interrupção das entrevistas coletivas acabou ajudando na percepção de que tudo estava voltando ao normal. Não é, infelizmente, o que dizem os números, pois chegamos a 100 mil mortos no País e o aumento diário de óbitos em Santa Catarina.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!