Maio 05, 2020

Funcionária demitida da Saúde denuncia dois secretários

Funcionária demitida da Saúde denuncia dois secretários

Marcia Geremias Pauli, responsável, segundo o governo catarinense, pela compra dos 200 respiradores da China por 33 milhões de reais adiantados, deu entrevista exclusiva hoje, 5, ao Balanço Geral, da ND TV.

Ela se defendeu da informação dada até agora sobre a responsabilidade da compra e disse que o ex-secretário da Saúde Helton Zeferino negociou valores e que o nome da empesa importadora, Veigamed, foi passada à Saúde pelo secretário da Casa civil, Douglas Borba.


Foto: Douglas Borba e Helton Zeferino/Reprodução

A entrevista de Márcia, dada na redação da ND, ao vivo, ao repórter Eduardo Cristofoli, é fundamental para o processo de esclarecimento dos fatos e tão importante quanto a reportagem original do site The Intercept Brasil, que divulgou primeiramente os problemas na compra.

Alguns trechos da entrevista de Márcia, que é economista e trabalhava há 14 anos na Secretaria da Saúde, estão a seguir.

A primeira pergunta foi se ela tinha poder de autorizar a compra de 33 milhões de reais.

- Não, absolutamente.

Pergunta: quem escolheu a empresa?

- A empresa foi apresentada ao SGA, para mim, no dia 22 de março, e quem definiu a compra foi o secretário de estado da Saúde, Helton Zeferino. Essa proposta era superior, era de 169 mil reais a peça, ele chegou a 165 mil e fechou a proposta.

Pergunta: Houve então determinação de cima para baixo?

- Ela foi apresentada anteriormente à Saúde pela Secretaria da Casa Civil.

Pergunta: então não envolve apenas a Saúde, envolve todo o governo?

- Sim, a Secretaria da Casa Civil é muito próxima ao gabinete do governador.

- Este processo não durou apenas 5h como foi dito. Ele começou em 22 de março, com a apresentação da proposta, e o pagamento se deu em 2 de abril. Então o tempo foi muito grande.

Pergunta: então fica claro na sua pauta que o secretário (da Saúde) mentiu quando disse que não tinha envolvimento?  

- Não falou a verdade.

A entrevista de Márcia durou 22 minutos. Ela deu várias outras informações, entre elas, que um total de 16 pessoas do governo tomaram conhecimento prévio do negócio com a Veigamed.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!