Junho 11, 2019

Globo se recusa a exibir campanha da Prefeitura do Rio que a critica

Globo se recusa a exibir campanha da Prefeitura do Rio que a critica

A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou recentemente uma peça publicitária que ataca à Globo. No vídeo de um minuto um apresentador alega que a Prefeitura investe R$ 70 milhões para a realização do Carnaval e afirma que a emissora carioca juntamente com a LIESA (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) são as que mais faturam com patrocinadores no evento.

Segundo o NaTelinha, a peça foi divulgada na Record Rio, durante o intervalo do "Balanço Geral", na última quinta-feira, 6. No plano de mídia da campanha estão incluídas ainda as emissoras SBT, Band, RedeTV e a própria Globo que se recusou a exibir a publicidade.

Em nota ao Maurício Stycer, a emissora afirmou que “não vai veicular o filme citado da forma como foi recebido. A emissora não está recusando a veiculação de uma campanha da Prefeitura do Rio sobre o carnaval, mas a veiculação de um comercial que faz incorreta imputação à Globo”.

"Ao contrário do que afirma o filme em questão, a Globo não vende patrocínio do carnaval, que é um evento das escolas de samba. A Globo vende cotas de suas transmissões, cujos direitos compra por valores significativos. O filme em questão faz parecer que a Globo se beneficia dos valores repassados pela prefeitura às escolas de samba, o que não é verdade", diz a nota.

E a emissora acrescenta: "A Globo zela, junto a todo e qualquer anunciante e agência, pelo livre acesso do público à informação comercial ética, honesta, verdadeira e precisa, e, como esclareceu à agência, veiculará o filme caso a Prefeitura do Rio decida adequá-lo a esses princípios."

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários