Maio 11, 2019

GOSTO DUVIDOSO

GOSTO DUVIDOSO
Melissa/Divulgação

A intenção é nobre, mas o resultado causa estranhamento – especialmente a quem não compreende tanto de moda, como é o caso da coluna.

O fato é que os estilistas da Melissa criaram uma coleção com sapato e bolsa feitos com material que lembra os tradicionais garrafões de vinho.  É a série Alma e Origem, cujo resultado você pode conferir na foto acima.

A série especial chega ao mercado neste fim de semana e remete à história da família Grendene que – no início dos anos 70, antes de enveredar pelo segmento calçadista – produzia redes de plástico reforçado para sustentar os garrafões de 5 litros, usados para armazenar e transportar o vinho colonial.

_____________________

 

INVASÃO CHILENA


Wines Of Chile/Divulgação

Um trabalho audacioso, promovido pela Wines of Chile, quer dobrar o consumo de vinhos chilenos e passar o Brasil de 5º. para 3º mercado consumidor dos vinhos daquele país. Dados da Wine Intelligente mostram que 34% do vinho consumido no Brasil é importado – com possibilidade de crescimento nesse percentual.

A entidade que articula a abertura de mercados e a promoção dos vinhos chilenos, vai dobrar o investimento em publicidade e eventos, atuando principalmente junto a importadores, distribuidores e sommeliers. A parceria com influenciadores também deve ajudar a promover os produtos daquele país.

Santa Catarina deve entrar na rota de promoção com uma etapa do WoC Academy, um evento voltado a sommeliers.  Quem quiser mais informações sobre o projeto e as ações programadas, pode acessar o site da Wines Of Chile.

_____________________

 

NA LATA


Chapel Down/Divulgação

O bom e velho gin tônica, ainda mais prático. Na lógica de facilitar a vida do consumidor e oferecer bebidas prontas, a inglesa Chapel Down fez a primeira incursão no mercado e apresentou uma bebida já pronta e em lata (foto).

O drink é feito com base no gin Bacchus, que recebe infusão de sementes de uva, zimbro, coentro, sabugueiro, raiz de íris, angélica, lavanda, casca de laranja e limão.

A lata de 250ml está disponível, por enquanto, apenas no mercado inglês.

_____________________

 

EMBALAGEM MENOR


BadenBaden/Divulgação

Cervejaria Baden Baden, controlada pela Heineken, está ajustando a embalagem de três cervejas: IPA, Pilsen e Witbier. Além das tradicionais garrafas de 600 ml, a bebida começa a ser comercializada em Santa Catarina e nos demais estados do Sul e Sudeste também em embalagens de 300 ml.

A intenção é aumentar a presença nos pontos de venda final, principalmente conveniências.

_____________________

 

MEKIRTANG

A mais recente ação de marketing da AmBev continua repercutindo – especialmente nas redes sociais. Durante uma transmissão do campeonato brasileiro de futebol no dia 28 de abril, a marca de uma das cervejas do grupo apareceu com a grafia errada. Brahma virou Bhamra, Skol foi rebatizada como Sokl e a Antártica virou Antratcica.

O que parecia um equívoco, se mostrou uma ação bem articulada, que alterou os rótulos de todo o portfólio da empresa. A área de marketing diz que – além da óbvia intenção de chamar atenção e gerar repercussão – a ação tinha o objetivo de alertar os consumidores sobre o consumo excessivo de álcool.

Veja como ficaram os rótulos alterados nessa campanha:  

(fotos rótulos – Ambev/Divulgação)

Tags:
vinhos cervejas cerveja artesanal drinks destilados whiskey gastronomia portal makingof
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!