Março 14, 2019

Itaú presenteia cachorro que comeu cartão da dona

Itaú presenteia cachorro que comeu cartão da dona

Na última semana, uma publicação no Facebook chamou a atenção do Itaú que se solidarizou com a história e resolveu presentear a internauta e cliente. A redatora Mariane Fonseca, de São Paulo, tinha acabado de abrir uma conta no banco e estava aguardando a chegada do cartão. Acontece que quando ele foi entregue, o documento foi encontrado primeiro buldogue Chico que comeu todo o cartão.

Em linguagem divertida, ela contou o que aconteceu e a publicação chegou ao conhecimento do banco:

“Olá, Itaú!
Eu tenho um relato pra você.
Aconteceu ontem, 07/03/19, imagino que no período da tarde, pelo estado do meu problema.
Há cerca de 20 dias eu comecei em um novo emprego, uma coisa que eu queria muito e que deu certo.
Junto com ele, veio o quê?
A necessidade de abrir uma conta no banco feito pra todo mundo.
Eu já estava prestes a cancelar a conta que tenho no seu concorrente, já que não preciso ficar com duas contas e, já que vocês facilitaram bem a abertura desta, não encontrei motivos para manter.
O cartão definitivo, confesso, demorou um pouco pra chegar, mas tudo bem, essas coisas são assim mesmo.
Eis que...chegou ontem.
E o porteiro do prédio - que não tem nada a ver com isso - foi na maior gentileza me fazer o favor de botar embaixo da minha porta.
E pasme, meu cachorro era o único que estava em casa pra receber por mim.
E ele o fez.
Ele o fez com tanta vontade que quase acabou com o limite.
~não disse qual~
Ele já havia destruído o IPTU, duas contas de luz, um boleto do condomínio e uma conta de gás.
Até aí, tudo bem.
Só pude constatar o quanto ele é um árduo ativista anticapitalismo.
Mas o cartão?
Pra que isso?
Ficou decepcionado quando cheguei e expliquei que, era com aquele cartão, que compraria biscoitos e uma nova caminha, já que a outra ele destruiu.
Era papel pra tudo que é lado.
Cozinha, sala, corredor.
E, como boa brasileira, aquele fio de esperança em achar o cartão ileso.
Doce ilusão.
Ele estava na lavanderia.
~~mas eu garanto que o meliante, apesar de meliante, não mexe com essas coisas de lavagem de dinheiro~~
Acontece que hoje, na hora do almoço, terei que vestir o manto sagrado da 5ª série e ir com a cara mais deslavada do mundo até à agência dizer:
~~~MEU CACHORRO COMEU MEU CARTÃO~~~
Ele podia ter feito um golden shower no envelope, seria mais fácil resolver se fosse só isso, mas não.
O lance dele é a anarquia mesmo.
Eu to até levando a prova do crime, porque né...eu juro que é verdade!
Na hora de brigar eu dei uma fraquejada, porque OLHA ESSA CARINHA!
No mais, vou ter que dar mais brinquedos pra gastar energia e ver se consigo mudar issaê por bem.
A única conclusão é que a democracia na minha casa acabou.
Quem manda lá é ele!

Chico, 10 meses. Era 17h34. São Paulo. 24º. Monstrinho!”

Alguns dias depois da publicação, a redatora compartilhou que a equipe da agência resolveu a questão do cartão e que o banco também enviou “mimos” ao Chico: uma bolinha, um osso e biscoitos de camomila (para acalmá-lo?). Confira aqui.

Tags:
propaganda
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!