Dezembro 10, 2018

Moisés se encontrará com deputados

Moisés se encontrará com deputados
JEFERSON BALDO/SECOM

Como parte do esforço para garantir a maioria na Assembleia, o governador eleito Carlos Moisés da Silva (PSL) começa nos dias 17 e 18 deste mês, (segunda e terça da semana que vem) encontros com as bancadas e com os partidos com representação na Assembleia Legislativa. A confirmação foi feita pelo futuro líder do governo, deputado eleito Onir Mocellin (PSL), que tem atuado para garantir a maioria no parlamento em busca da governabilidade. A sequência dos encontros ainda não foi divulgada. A ideia central, acentua Mocellin, é buscar aliados para os bons projetos. O melhor argumento do futuro governo está em não oferecer espaços ou cargos para garantir a formação de uma base no parlamento. Evidentemente, com a maciça aprovação nas urnas, com mais de 71% dos votos válidos, Moisés não deve nada a ninguém, embora o desafio ainda seja mudar os maus hábitos e o toma lá dá cá na cultura parlamentar.

 

Fora de questão

O tema eleição da presidência, leia-se mesa diretora da Assembleia, não entra nas conversas de convencimento para atrair apoio dos deputados estaduais, garante Mocellin. Neste contexto, o novo governo não pretende brigar com ninguém tampouco pleitear espaços de luxo no comando do Legislativo, no que age corretamente. Outro ponto importante: o PSL é situação e pretende compor, o que significa não dar apoio irrestrito a algum candidato à presidência do Legislativo para evitar o risco de perder e isso gerar insatisfações em cadeia.

 

Blocos

PSL e PR formarão um bloco com nove deputados na Assembleia, do tamanho da maior bancada na casa, a do MDB. Com este número de cadeiras, o bloco assegura duas posições em cada comissão, de olho na aprovação das matérias que terão que ir a plenário.

 

Nem o PSL

A indicação de nomes para o governo não é a prioridade do PSL, mas há pressões para que isso ocorra, em Santa Catarina e no Brasil. Mocellin garante que nem ele ou qualquer deputado estadual eleito fez o pedido por nomes a Moisés, só que já recebeu, pelo menos, umas 10 solicitações oficiais, que vêm de entidades de classes e até câmaras de Vereadores, que encaminha ao governador eleito.   

 

Bom relacionamento

Ex-comandante-geral do Corpo de Bombeiro Militar, com 36 anos de carreira, garantiu uma situação única a Onir Mocellin, agora deputado estadual eleito. Tem interlocução com vários deputados, do amigo de família de São Miguel do Oeste, o deputado reeleito Maurício Eskudlark (PR), aos petistas Neodi Saretta e Luciane Carminatti, a quem, no passado recente, solicitou apoio para pleitos da corporação que comandava.  

 


DIVULGAÇÃO

 

RECURSOS NA BASE

O deputado Antônio Aguiar (PSD), que, depois de quatro mandatos, desistiu  de prosseguir na Assembleia e retornará à medicina, deu uma boa notícia ao prefeito de Canoinhas Gilberto dos Passos (PSD), o Beto, e ao vice Renato Jardel Gurtinski, o Pike (PR). Destinou R$ 2 milhões em emendas impositivas ao Hospital Santa Cruz. E mais R$ 1 milhão para a infraestrutura, dos quais R$ 700 mil para a recuperação da Estação do Trem da localidade de Marcílio Dias, que já tem projeto do IPHAN desde 2017.

 

O encontro

O deputado estadual eleito Julio Garcia (PSD) confirma que se encontrou com o governador eleito Carlos Moisés da Silva (PSL) há duas semanas, tão logo retornou da viagem à África do Sul. Julio garante que o assunto presidência da Assembleia não entrou na conversa, na casa do parlamentar e ex-conselheiro de Contas, marcada por um amigo em comum de ambos, foi para Julio e Moisés se conhecerem e não durou quatro horas.

 

É contra

Julio Garcia levantou a bandeira contra a possibilidade fatiar o mandato do presidente da Assembleia por apenas um ano. Além de ser contra a medida, que considera casuísta e em desacordo com o que a sociedade decidiu nestas eleições, o fim dos conchavos, pondera que dificilmente uma manobra deste porte, que muda o regimento da Assembleia, vai prosperar. 

 


ROBERTO AZEVEDO

 

BOA MEDIDA

Discreto na sua atuação parlamentar com poucas participações aos microfones de aparte ou na tribuna da Assembleia, o deputado estadual Cleiton Salvaro (PSB), que não se reelegeu, foi enfático na defesa de um projeto de autoria dele que beneficia atletas e ex-atletas de futebol nos estádios. Conseguiu derrubar o veto do governo do Estado e frisou que terão acesso gratuito os profissionais que estiverem devidamente credenciados. Ao sair do plenário, Salvaro conversou longamente com o goleador Albeneir Marques Pereira, que passou, entre outros clubes, por Figueirense, Avaí, Goiás, Grêmio e Cruzeiro, que acompanhou a votação na Assembleia e vê na medida um reconhecimento pela atividade esportiva.  

 


DIVULGAÇÃO

 

COM MORO E PELA INTEGRIDADE

Em rápido encontro com o futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, em Brasília, o deputado federal eleito Daniel Freitas (PSL) informou ao ex-magistrado federal Sérgio Moro que deve propor, ainda no ano que vem, a Lei Nacional da Integridade. A matéria pretende intensificar o combate à corrupção e Moro disse a Freitas que que se propõe a ajudar no desenvolvimento do projeto.

 

* Encontro entre Julio Garcia e Carlos Moisés não era do conhecimento do futuro líder do governo Onir Mocellin, que pretende saber de mais detalhes esta semana.

 

* O contato entre Julio, tido como favorito à presidência da Assembleia, e Mocellin tem sido constante: por telefone e pessoalmente.

Tags:
roberto-azevedo política economia bastidores da política Santa Catarina
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo
Jornalista com 34 anos de profissão. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, chefe de Redação, editor-chefe, gerente e diretor de Jornalismo, nas RBS TV de Blumenau e Florianópolis, na TV Record de Florianópolis e na Rede TV Sul!; comentarista na RIC TV Record e na Record News, e editor de Política e colunista no Diário Catarinense (DC), e colunista no Notícias do Dia (ND). Atuou nas rádios União de Blumenau e União FM de Florianópolis, e na Rádio Record da Capital. Faz comentários sobre política e economia.
  • Youtube

Comentários