Fevereiro 21, 2020

Mulher do meme '3 reais' vai processar empresas por uso de imagem

Mulher do meme '3 reais' vai processar empresas por uso de imagem

A artesã Raquel Motta, que protagonizou um meme com a frase "3 reais", anunciou que irá processar cem empresas que teriam usado a imagem dela sem a autorização. Os valores de indenização chegam a R$ 8.900.000, segundo reportagem do Estadão.

O meme surgiu em janeiro de 2019 quando Raquel apareceu no programa É de Casa, da Globo, no qual falou sobre carteiras artesanais. Quando a apresentadora Ana Furtado perguntou quanto havia sido gasto para produzir os produtos, a resposta, "3 reais", foi repetida diversas vezes pelas duas, gerando piadas na internet.

Raquel ficou famosa em pouco tempo, e passou a aparecer em diversos anúncios publicitários. O problema, segundo ela, é que empresas começaram a usar a imagem dela no Instagram, junto com o novo bordão, sem fazer nenhum acordo ou pedir autorização.

Ela destaca que, além, das cenas do programa, as empresas passaram também a usar imagens do perfil pessoal, fazendo montagens com elas, tudo sem autorização da artesã.

Ao entrar em contato com uma marca, ela chegou a ouvir que "várias marcas estão usando a minha imagem sem autorização, isso ocorria há meses e a pessoa disse se sentir no direito de usar também". Foi após essa interação que ela decidiu entrar com os processos, afirma o mesmo site.

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!