Março 22, 2018

Não se engane mais: não existe privacidade na internet

Se alguém ainda tinha dúvidas que navegar na internet oferece garantia de privacidade deixe isso de lado totalmente. O vazamento de 50 milhões de dados do Facebook para uma empresa britânica que, a partir deles, estabeleceu orientações para a campanha de Donald Trump acabou com toda a ilusão. E como grande usuário da manipulação está o presidente que costuma rebater as denúncias sobre seu governo dizendo que são "fake news". Não há dúvidas que ele tem conhecimento do lado sujo das comunicações via nuvem.

O inventor do Facebook, milhões de dólares menos rico com as ações em baixa na Wall Street, está tentando estancar a sangria. Ontem ele anunciou uma série de medidas de segurança para evitar mais problemas (aqui). A questão é se vai conseguir ou acabou criando um sistema que nem ele consegue mais administrar. Algo como os monstros de filmes que se auto reproduzem ou, em alguns casos, só deixam de existir depois que o mocinho explode a nave .



WhatsApp

A leitura de WhatsApp ao vivo em emissoras de rádio e tv está virando assunto humorístico. Nem todo apresentador tem a presença de espírito ou o conhecimento editorial para avaliar rapidamente o que acabou de receber. Na hora acaba colocando no ar uma calúnia, algo agressivo a outra pessoa e algumas bobagens.

Ou então, levam um susto. Esse foi o caso do apresentador da TV Arapuan, da Paraíba, que em um momento constrangedor percebeu que estava lendo sobre a detenção de um advogado genro do dono da emissora. E acabou por não dar a notícia, explicado-se em rede social que até Ricardo Boechat na Band deixaria de dar uma notícia sobre um amigo.

Examine o vídeo acima e compartilhe o sufoco do apresentador. E os riscos de quem não sabe usar a ferramenta.




Copa do Mundo

A Globo, como emissora oficial, está organizando uma cobertura gigantesca para o mundial. Cabe então perguntar se aqui em Santa Catarina teremos profissionais na Rússia dando aquela cor local? Seria uma boa hora para valorizar novos profissionais, que saibam se comunicar em outra língua, indispensável na Rússia, e com amplo conhecimento dos recursos multimídia. Vamos ter?

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!