Novembro 18, 2019

Números confirmam liderança tranquila da Globo

Números confirmam liderança tranquila da Globo

Quem assiste televisão aberta tem uma postura conservadora na escolha dos canais, dando a Globo a liderança sem risco. A participação de audiência nos televisores ligados é de 36%, mais do que a soma de SBT e Record.

Os dados do Kantar Ibope do Painel Nacional de Televisão – 15 cidades – de janeiro a outubro mostram, também, levando em conta o total de aparelhos, que as principais emissoras somam 30%. Significa que, na média do dia, 70% estão desconectados ou usando outros meios.

Conquistar essa parte, que liga TV aberta somente em eventos de grande porte, é um grande desafio e uma tarefa incerta. O mais provável é que a escolha do cliente no futuro será ver algo de interesse no horário que lhe convier.

A TV brasileira mantém-se no posto de veículo de massa e grande receptor de anúncios. Um ponto no Ibope vale muito dinheiro. Por isso, agora em dezembro, a Record dá uma virada na programação noturna, tentando reconquistar o segundo lugar.

 

Ranking

Esta é a tabela de audiência do PNT em 2019, até agora, segundo levantamento do UOL:

Globo - 16,05 pontos e 35,89% share

SBT - 6,09 pontos e 13,62%

Record - 6,02 pontos e 13,47%

TV Band - 1,39 e 3,12%

RedeTV - 0,57 e 1,28 

 

Desempenho

Há uma boa parcela de consumidores de informação que ficou desnorteada em Santa Catarina com o desparecimento simultâneo de vários títulos do grupo NSC. Se evaporaram o Diário Catarinense, A Notícia, Jornal de Santa Catarina e A Hora. Antes já tinha fechado o Sol, de Itajaí.

Esse público está em uma espécie de limbo, sem definir um canal específico para se informar. Parte foi para o Notícias do Dia, do Grupo RIC, e a maior parte navega pela internet, a procura de títulos que lhe interessam. Por isso, em um primeiro momento, a extinção de grifes conquistadas em anos de mercado, englobando-as em um genérico NSC Total, parece não ter sido uma decisão acertada.

 

Esperto

Dos colunistas que perderam espaço no impresso e atuam na internet, no momento, o que demonstra mais intimidade com o meio é Upiara Boschi. O repórter político sabe usar as ferramentas online e mostra crescimento profissional nessa transição. Além de bem informado, atualiza seus posts com frequência. 

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!