Outubro 18, 2019

Pesquisa do Google mostra tendências para Black Friday de 2019

Pesquisa do Google mostra tendências para Black Friday de 2019

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google em parceria com a Provokers, a Black Friday deste ano será propícia para alavancar as vendas multicanal. Além disso, a pesquisa revelou também destaque para o uso de aplicativos e para o serviço prestado ao consumidor.

Em 2019, o número de compradores em lojas físicas deve se igualar ao de consumidores online. O principal motivo apontado pela pesquisa é a compra multicanal, que representará 25% do total de compras deste ano. Em 2018, apenas 7% das compras foram feitas dessa forma.

As compras multicanais pressupõem que o consumidor usa mais de um meio entre pesquisa, decisão de compra e realização da compra em si. Ou seja, ela pode ser realizada offline, mas a busca das informações e decisão de qual produto comprar foi feita online.

A pesquisa mostra que apenas 27% dos consumidores decidem comprar na hora em que estão na loja. Em contrapartida, 74% dos consumidores chegam à loja com uma ideia do que procuram ou até mesmo com intenção de comprar em determinado lugar.

Outra tendência da omicanalidade é comprar online e retirar na loja física. Durante a Black Friday, 39% dos brasileiros consideram essa opção como muito importante na decisão de compra. A pesquisa mostra ainda que 24% dos consumidores espera usar esse recurso em 2019.

O Brasil é um dos países que mais usa aplicativos de vendas. Isso porque 57% dos e-shoppers brasileiros já realizaram compras por um aplicativo. A importância desse canal também é comprovada pela expectativa de downloads na semana que antecede a Black Friday. São 27% de YoY em comparação a apenas 7% na semana da Black Friday em si. Os dados são da AppAnnie.

Os usuários no entanto, não se prendem ao uso dos apps. A pesquisa mostra que 36% dos internautas pretendem usar esse canal durante a Black Friday. Em contraste com a baixa porcentagem de usuários que baixam o aplicativo de sua loja favorita, que são apenas 28%.

Uma das grandes revelações do usuário é o apego à qualidade dos serviços oferecidos. 54% dos respondentes afirmam que a confiança na loja e no nível do serviço prestado se destaca na decisão de compra. Isso em contrapartida ao preço oferecido. Outros fator de conversão levantado foi a confiança. 16% dos consumidores compram por confiar na loja, enquanto 13% dizem confiar no produto ou na marca dele.

Por se tratar de um evento que promove promoções, a Black Friday não convence toda a clientela. Prova disso são os 61% dos entrevistados que acham que os preços dos produtos estavam iguais ou mais caros em 2018 do que em 2017.

Benefícios no pagamento, no entanto, ganham relevância, assim como os cupons de descontos. Em relação à forma de pagamento, 11% decidem fechar a compra pela possibilidade de parcelá-la. Fonte: E-commerce Brasil.

Tags:
web
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!