Julho 11, 2019

Pesquisa mostra que Reforma da Previdência é prioridade para brasileiros

Pesquisa mostra que Reforma da Previdência é prioridade para brasileiros

A nova edição da pesquisa "Perspectivas 2019: Expectativa dos Brasileiros com o Cenário Político & Social", realizada pela parceria ACREFI/Kantar, constatou que a Reforma da Previdência já é considerada como principal prioridade para os entrevistados (21%). Educação (18%) e Saúde (14%), que nos levantamentos anteriores lideravam a lista, aparecem em segundo e terceiro lugar. 


(clique na imagem para ampliar)

O objetivo da pesquisa é capturar as expectativas e impressões da população brasileira em relação à situação econômica do país, aos primeiros meses do governo federal e ao impacto do cenário nas decisões pessoais dos entrevistados.

O levantamento mostrou que 13% consideram a situação atual do Brasil "ótima" ou "boa", enquanto 36% consideram "regular" e 51% "ruim" ou péssima". Já 44% estão otimistas em relação ao futuro, mesma fatia do que se mostram preocupados com as perspectivas, enquanto 6% se mostram resignados e 6% estão pessimistas.  

A pesquisa ACREFI/Kantar revelou também que as percepções positivas em relação à oferta de crédito e ao consumo das famílias estão elevadas. No comparativo com o levantamento do 1º semestre de 2018, a porcentagem quanto à oferta de crédito cresceu de 24% para 36%; e o consumo das famílias passou de 27% para 38%.  

Em relação à taxa de juros e perspectiva de crescimento do país: no comparativo com o 1º semestre de 2018, o otimismo ganhou força, a perspectiva com o crescimento do Brasil saltou de 31% para 48%, e a melhora na taxa de juros (perspectiva de queda da Selic) - que estava em 21% no 1º semestre do ano passado, agora atingiu 32%. 

Os dados da pesquisa ACREFI/Kantar mostraram que a expectativa de melhora da situação financeira e do padrão de vida é menor quando comparada ao momento pós-eleição, mas continua sendo majoritária: 52% acreditam que a situação pessoal vai melhorar e metade dos brasileiros (50%) também vislumbra melhora no padrão de vida nos próximos anos. 

Já em relação ao emprego e fonte de renda: 56% estão atentos ou preocupados quanto aos empregos, elevação de 3 pontos percentuais em relação a outubro de 2018. O desemprego também continua a preocupar os brasileiros, segundo a pesquisa: 55% disseram que esse item vai continuar crescendo nos próximos meses.  

37% dos entrevistados acreditam que a situação do Brasil vai melhorar em 2020; 19% consideram que o quadro não vai melhorar em 3 a 4 anos; 14% ainda acreditam em melhora já no segundo semestre de 2019; e 10% somente em 2021.

A pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados on-line de todas as regiões do Brasil, de 18 a 65 anos, entre 27 de maio a 7 de junho de 2019. A maioria dos ouvidos é do sexo feminino (60%) e (40%) do sexo masculino.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!