Outubro 16, 2020

Pete Tha Zouk e Ana Lucas - da Caras de Portugal para o Making Of

Pete Tha Zouk e Ana Lucas - da Caras de Portugal para o Making Of
Fotos Jorge Gomes

A arquiteta, modelo e Miss Palhoça 2017, Ana Lucas, está noiva do DJ português Pete Tha Zouk. O anúncio foi feito recentemente nas contas de Instagram dos pombinhos, que revelaram os detalhes do grande dia após estamparem seis páginas da conceituada revista Caras de Portugal.

 

O pedido, feito na Barragem de Santa Luzia, situada na região Centro de Portugal, surpreendeu a catarinense de 28 anos. "O Pete planejou o pedido por meses e contou com a ajuda de uma equipe muito discreta. Eu não desconfiei de nada.", explica Ana Lucas.

 

Uma mesa branca foi posicionada à beira da barragem, em cima de um palco de acrílico. Champanhe, flores e uma vista de tirar o fôlego esperavam pela arquiteta, que não sabia o que estava por vir.

 

Após alguns minutos, 25 drones formaram um coração no céu europeu, fogos de artifício selaram o momento e, em seguida, um dos drones levou o anel de compromisso até o DJ, que fez o pedido e escutou o tão esperado "sim".

 

O anel de noivado, desenhado pelo joalheiro Elio Custódio, é o clássico solitário de diamante. A peça também tem oito pedras preciosas menores nas laterais: "Gosto muito do número oito, ele representa o infinito.", afirma Pete Tha Zouk. A festa de casamento está nos planos do casal, mas não será realizada em 2020. Ambos querem esperar a pandemia passar para curtir do jeito certo com os amigos e familiares.

 

Juntos desde 2018, os agora noivos compartilham o lar há sete meses em Algarve, região no extremo Sul de Portugal. Enquanto Ana desenvolve projetos de interiores de forma autônoma para clientes portugueses, ingleses, franceses, alemães e brasileiros, e trabalha como modelo em editoriais, Pete Tha Zouk está focado em novos projetos.

 

"Me reinventei como artista. Durante a pandemia, já realizei apresentações com o conceito drive-in, coloquei em ação o projeto Sunset Online e participei de dois eventos em alto mar. O primeiro em um iate luxuoso, em que toquei para dez pessoas e o segundo em um catamarã. Ao todo, 30 barcos estavam em volta.", conta Pete.

 

O casal, que concedeu essa entrevista exclusiva à coluna, viaja para o Brasil no mês de dezembro e volta para o continente europeu em abril do ano que vem. "Compramos uma cobertura em Portugal e eu sou a responsável pelo projeto de interiores. Queremos tudo do nosso jeitinho. O apartamento fica pronto em maio de 2021 e estamos ansiosos", completa Ana Lucas. 

 

Como e onde se conheceram? (Ana Lucas)

Nos conhecemos em 2017, no aniversário de dois anos do afilhado do Pete, em Florianópolis. Eu estava com o meu afilhado e com a minha sócia. Não demorou muito para o Pete sentar com a gente, conversar bastante e contar toda a história de vida.

Fizemos amizade, mas sem trocar contato. No mesmo dia, ele me achou no Instagram e viramos grandes amigos.

Nos reencontramos em uma festa no dia 31 de dezembro, no Brasil. Saímos por três meses, mas os dois estavam solteiros há pouco tempo e eu falei que não podia ficar com ele porque senão ele ia se apaixonar por mim (risos). Eu disse que ele tinha que aproveitar.

 

Quem teve a iniciativa do primeiro beijo? (Ana Lucas)

O Pete teve a iniciativa. Nós ficamos pela primeira vez quando ele tocou na Posh.

 

Em que ano ficaram pela primeira vez? (Pete Tha Zouk)

Em 2018, ficamos e não nos largamos mais.

 

Como lidaram com a distância no início do namoro? (Ana Lucas)

Foi tudo muito natural, o Pete começou a passar mais tempo no Brasil. Depois, ficamos dois meses longe um do outro, mas, em seguida, eu fui curtir o verão na Europa. Após essa ocasião, nunca passamos mais do que um mês longe. O Pete fazia shows no Brasil e eu também sempre ia para Portugal.

 

Quando e por que decidiram morar juntos? (Ana Lucas)

Eu fui para Portugal porque surgiu uma proposta para trabalhar em um escritório de arquitetura. Achamos que seria bom para a minha profissão.

 

E como adequaram as rotinas de trabalho durante a pandemia? (Ana Lucas)

Foi uma grande mudança. Eu estava há pouco tempo em Portugal e tive que trabalhar de casa. A gente sabia o que estava por vir desde dezembro e tentamos levar com muita calma.

Era triste ver o que estava acontecendo e não poder fazer nada. Um ajudava o outro, mas foi difícil ficar longe da minha família. Após dois meses intensos, o Pete foi convidado para fazer um drive-in e algumas apresentações em barcos, com todo cuidado e precaução. Ele se reinventou como artista.  

 

Pete, por quanto tempo você planejou o pedido de casamento? (Pete Tha Zouk)

Eu já tinha a aliança desde março e estava decidindo a hora certa para fazer o pedido. Conversei com um amigo, que é mágico, e também contei com a ajuda de outro colega. Planejamos o pedido em dez dias. Drones e fogos de artifício faziam parte da surpresa.

 

Ana, o que passou pela sua cabeça quando chegaram à barragem? (Ana Lucas)

No dia do pedido, estávamos conhecendo vários pontos turísticos da região. Eu achei que a barragem era mais um lugar que iríamos conhecer. O Pete disse que queria me mostrar algo e eu fui. Só depois que vi tudo.

Eu vi o acrílico, a mesa, o champanhe, as flores e pensei "Nossa, é agora!". Mas fiquei muito nervosa e minha mente deu um bloqueio. Eu tremia e só conseguia sorrir. Estava sentindo o momento. Quando o drone se aproximou com a aliança, eu tive a certeza que ia ser pedida em casamento.

 

Quando será a festa de casamento? (Pete Tha Zouk)

Não temos uma data, porque vamos esperar a pandemia passar.

 

Continuarão vivendo em Portugal ou pensam em morar no Brasil? (Ana Lucas)

Pensamos em morar seis meses em cada país, Brasil e Portugal.

 

Pretendem ter filhos? (Pete Tha Zouk)

Sim, pretendemos ter filhos! Um ou dois anos após o casamento.

 

 

 

Feedback

 

ANA LUCAS

O que você não fica sem: café.

Mania: eu sou a louca da limpeza.

O que mais admira: a natureza.

O que abomina: pessoas falsas.

Um lugar no mundo: praia.

Uma saudade: meu pai.

Uma bebida: Coca-Cola.

Uma comida: chocolate.

Palavra: amor.

Uma frase: aproveite cada minuto da sua vida e não deixe nada para depois, nunca sabemos o dia de amanhã.

Um ídolo: Gisele Bündchen.

Melhor viagem: Verbier/Suíça.

Na pandemia eu... trabalhei muiiiiiito, como modelo e arquiteta.

Sonho: ter meu escritório de arquitetura reconhecido mundialmente.    

 


PETE THA ZOUK

O que você não fica sem: celular.

Mania: metódico.

O que mais admira: a humildade da pessoa.

O que abomina: a falta de humildade.

Um lugar no mundo: Bali.

Uma saudade: minha Avó Ercília.

Uma bebida: cerveja.

Uma comida: farofa.

Palavra: amizade.

Uma frase: escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.

Um ídolo: Robert Kiyosaki.

Melhor viagem: Tokyo/Japão.

Na pandemia eu...  me reinventei como DJ atuando em formatos completamente seguros e novos como drive-in e em barco-palco.

Sonho: empreender em equipa! (equipe).

 

 

Vida longa a esse amor!

Tags:
social entretenimento Floripa Florianópolis gente festas eventos agenda
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Yula Jorge

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. 
Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.

Comentários

Rancho Açoriano

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!