Outubro 03, 2018

Prova Real falha na checagem do debate da NSC

Prova Real falha na checagem do debate da NSC
Foto: Leo MUnhoz / Leo MUnhoz

Um dos modismos nesta eleição é a checagem da declaração dos candidatos. Funciona para o eleitor saber onde foram dadas informações corretas ou nem tanto. O Grupo NSC criou o “Prova Real”, segundo disse no lançamento, baseado em modelo buscado em consultoria, e divulgou amplamente que iria aplicar no debate de ontem, 2, entre os candidatos a governador de Santa Catarina. 

Entretanto, a checagem do Prova Real publicada no site NSC Total mostra que o resultado ficou no mínimo incompleto. Foram verificadas seis informações de Décio Lima e de Camasão, duas de Mauro Mariani, Jessé e Moisés e apenas uma de Gelson Merísio.

Como os melhores momentos do programa foram as interações entre Mariani e Merísio, é fácil deduzir que aquilo que os candidatos disseram um do outro não foi checado. Houve desde acusação de enriquecimento ilícito e ocultação de patrimônio, até que o governo do MDB não pagou 13º salário.

Em jornalismo dizia-se que pirâmide invertida é aquela notícia que começa e destaca o menos importante. Parece ter sido o caso nessa verificação.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!