Outubro 29, 2017

Quem nos livra de Galvão Bueno? Por Claiton Selistre

A Fórmula 1 não tem mais audiência garantida na TV aberta, porque não há pilotos brasileiros correndo  - isto é, tem o Massa;  a briga pela liderança ficou uma chatice entre um britânico e um alemão sem carisma  e, agora sabemos que havia favorecimento a Ferrari para tornar a disputa interessante, segundo Bernnie Ecclestone. Jogo de cartas marcadas.Junto tudo isso e como prêmio do México neste domingo, 29, o que faz a Globo? Tira a corrida do canal aberto  e bota no SporTV mas com Galvão Bueno, para desespero dos fãs de  corrida  e da inteligência auditiva.  Algum gênio do marketing global pensou nessa solução com a suposta ideia de que os patrocinadores que pagam uma fortuna pelo evento, ficarão menos prejudicados se em um canal fechado tiveram a presença do narrador titular do esporte.  Pelo que se vê de repercussão na internet a estratégia não é exatamente aprovada pelo pessoal que anda reclamando ausência aqueles que estão ali habitualmente - Sérgio Maurício e Lito Fernandes.  Galvão parece malhado como um judas, pois alguns ouvidos deveriam ser poupados do excesso de falas de alguém que se acha mais importante que o evento. Imaginaram se ele pensa continuar narrando até 2022 quando a Globo comprou os direitos da  seleção  do futebol brasileiro?
Quem  nos livra de Galvão Bueno?
 
Claiton Selistre, da Redação Making Of
 

 

 

 

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!