Agosto 20, 2018

"Querida, estiquei o..." Jornal do Almoço

Ao contrário da comédia americana em que o pai inventor estica o bebê por acidente, o Jornal do Almoço foi ampliado em quase 15 minutos numa ação estratégica, que contou com a troca de apresentação e redução do Globo Esporte, logo a seguir. Outras emissoras da Globo têm tomado atitude semelhante, com objetivo de combater as investidas de audiência da Record e tornar o esporte menos exagerado em tamanho, apostando na apresentação local. Em Florianópolis, o JA tem mais audiência do que as demais emissoras somadas, mas nas praças, conforme o último Ibope, a RIC lidera em Chapecó e Joinville. Como as equipes locais foram reduzidas, a NSC está tentando buscar mais público regional com os assuntos gerados da capital. Se vai funcionar, só o tempo dirá.

Em resumo o Jornal do Almoço foi ampliado em um quadro chamado “Quero saber”, com a participação de especialistas em coaching, saúde e finanças. Para isso estão sendo chamadas participações dos telespectadores por whatsApp e perguntas por vídeo gravada na horizontal, ao estilo Bonner.

É pouco para preencher todo o espaço. Por isso seria importante o investimento em reportagem e assuntos de interesse comunitário, que no momento é a fragilidade do canal diante da concorrente, principalmente a RIC.

No JA de hoje entraram apenas sete reportagens, das quais três o repórter estava simplesmente fixo ao vivo dando informações. E em outras duas, eram as chamadas “notas cobertas” – um texto feito da redação com imagens e fotos. Cacau Menezes também estava hoje com 5 minutos e meio de tempo, mais Leandro Puchalski, que cada vez mais investe nas ilustrações das informações úteis de meteorologia.

 

GE

O Globo Esporte foi duplamente beneficiado pela mexida no JA: acabou mais enxuto e apresentado tudo localmente – como em seu período de maior sucesso – por Alessandra Flores. A repórter teve o visual caprichado e uma tela de interatividade com o telespectador. Com o passar do tempo, para se adaptar e dando uma evoluída no timbre da voz, Alessandra vai dar nova vida as informações esportivas, em baixa depois do fracasso do Brasil na Copa da Rússia, tanto da seleção como dos principais ídolos. 

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!