Novembro 11, 2019

Renúncia de Morales provoca noite de violência na Bolívia

Renúncia de Morales provoca noite de violência na Bolívia
Reuters

A capital da Bolívia registrou confrontos violentos na madrugada de hoje, 11, com edifícios incendiados durante supostos ataques retaliatórios depois que Evo Morales, presidente do país desde 2006, renunciou devido à pressão resultante de uma eleição questionada no mês passado.

As tensões no país, que está em ebulição há semanas, aumentaram durante a noite em meio ao vácuo político criado pela saída de Morales, o vice-presidente e muitos aliados políticos.

Na capital La Paz e na cidade de Santa Cruz, no leste, multidões comemoraram a renúncia de Morales, que provocou ira ao concorrer a um quarto mandato desafiando limites de mandatos e declarar vitória em uma eleição maculada por alegações de fraude.

Com a chegada da noite, porém, gangues percorreram as ruas saqueando negócios e ateando fogo em propriedades

Inicialmente, não ficou claro quem assumirá o comando da Bolívia até a convocação de novas eleições, mas a senadora de oposição Jeanine Añez afirmou em comentários transmitidos pela televisão que aceitaria a responsabilidade.

De acordo com a lei boliviana, na ausência do presidente e do vice-presidente, o chefe do Senado assumiria provisoriamente, mas a ocupante do cargo, Adriana Salvatierra, também renunciou na noite de domingo.

Parlamentares devem se reunir nesta segunda-feira para aprovar uma comissão ou parlamentar que teria o controle administrativo temporário da nação. As informações são da Reuters.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!