Junho 06, 2019

Repórter da CBN Diário é agredido durante treino do Avaí, em Florianópolis

Repórter da CBN Diário é agredido durante treino do Avaí, em Florianópolis
Reprodução

O repórter da rádio CBN Diário, Janniter De Cordes, foi agredido por um torcedor enquanto cobria o treino do Avaí, na tarde de ontem, 5, no Centro de Treinamentos do clube, ao lado do estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Após participação do profissional, ao vivo, no programa CBN Diário Esportes, ele foi atingido por uma pedra nas costas de um torcedor que estava do lado de fora do alambrado que cerca o CT. Como Janniter estava de fones de ouvido, num primeiro momento, não ouviu os xingamentos do torcedor.

Quando ele se virou, o torcedor lhe acusou de rir da torcida do Leão da Ilha após a derrota para o Ceará, na sexta rodada do Campeonato Brasileiro, por 2 a 1. Depois de ouvir as reclamações, o torcedor desferiu um tapa, que atingiu a região do olho do jornalista. Após o ocorrido, Janniter registrou um Boletim de Ocorrência e fez exame de corpo de delito.

Em nota, a NSC Comunicação repudiou a atitude do torcedor. "O jornalista Janniter de Cordes, da NSC, foi agredido, na tarde desta quarta-feira, por um torcedor dentro do centro de treinamento do Avaí, quando fazia cobertura jornalística para a Rádio CBN. Ele foi ofendido e fisicamente atacado pelo agressor. A NSC repudia qualquer ato de violência e lamenta, em especial, qualquer tentativa de intimidação ao trabalho jornalístico que ocorre para levar informação a todos os públicos. A empresa é solidária ao jornalista e prestará todo apoio a ele".

A Associação Catarinense de Imprensa também se pronunciou sobre o ocorrido e lamentou. "A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT manifesta o seguinte: 1 – Repudia veemente toda e qualquer agressão moral e/ou física sofrida por representantes da imprensa durante seu exercício profissional. 2 – Defesa ao jornalista Janniter De Corde, da NSC, que foi covardemente agredido durante cobertura jornalística. 3 – Defesa incondicional da liberdade de imprensa e de expressão, pilar da democracia brasileira. 4 – Lamenta a falta de respeito à opinião e ao trabalho da imprensa catarinense por parte de pessoas desinformadas. Fato agravado pela intolerância propagada nas mídias sociais".

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!