Março 28, 2020

Santa Catarina diz que há falhas de logística para o Covid-19

Santa Catarina diz que há falhas de logística para o Covid-19

Em entrevista coletiva nesta manhã de sábado, 28, o governo catarinense demonstrou preocupação com falhas logísticas na entrega de equipamentos individuais para o pessoal da saúde, que atende a crise do covid-19, e da vacina contra influenza. O governador Carlos Moisés e o secretário da saúde Helton Zeferino disseram que o momento é de pré-crise do Covid-19, e que o atraso de entrega de insumos pelo governado federal levará a uma revisão da disponibilidade de leitos der UTI.

No momento, são 184 casos confirmado em Santa Catarina, um aumento de 12 por cento para uma média nacional de 20 por cento. Não foram divulgados os casos suspeitos porque não há material suficiente para testes. Segundo Moisés, para testar uma vez 10 por cento da população catarinense seriam precisos 700 mil kits. “Até agora recebemos 3 mil de forma escalonada”.

“Estamos inseguros quanto ao assunto, pois estamos preparando nossa infraestrutura, mas dependemos do laboratório central do governo federal e de importação de insumos  sem ter certeza que isso será atendido rapidamente. A prioridade do governo federal é atender o sudeste que tem muitos casos,” disse Moisés.

Sobre a liberação de algumas atividades a partir da próxima segunda-feira, o governador salientou que estão sendo preparadas as recomendações oficiais. E que será um “teste, para observar o comportamento geral.” Dependendo o governador disse que as orientações poderão ser alteradas.

Tanto o governador como o secretário disseram que há expectativa que na próxima semana haverá uma curva ascendente do coronavírus. E que depois disso será mais preciso avaliar a extensão da doença no Brasil.

 

Tags:
Covi-19
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!