Outubro 17, 2020

Santos cancela contrato de Robinho para não perder patrocínios

Santos cancela contrato de Robinho para não perder patrocínios
Reprodução

 

Sob intensa pressão das redes sociais e dos patrocinadores, o Santos decidiu rescindir o contrato de Robinho para evitar perda de dinheiro.

O clube paulista poderia ter prejuízo de R$ 20 milhões por ano.

A contratação do atacante de 36 anos, há uma semana, gerou inúmeros protestos porque ele foi condenado por estupro em primeira instância pela Justiça da Itália. Os detalhes do processo judicial, que envolvem gravações de Robinho comentando com amigos, foram revelados pelo Globo Esporte. O caso aconteceu em 2013, quando ele jogava no Milan, e o primeiro julgamento em 2017.

Robinho nega as acusações e pode recorrer em mais duas primeiras judiciais.

 

Patrocínios

 

O Santos foi procurado por nove parceiros, mais a fornecedora de material Umbro. De início, só a empresa Orthopride rompeu o acordo. Mas a publicação dos diálogos gravados de Robinho, grampeados pela Justiça italiana, aumentou a pressão. Na sexta-feira, o Santos recebeu cobranças de quase todos patrocinadores com ameaças de rompimento caso mantivesse o jogador. No clube, havia a certeza de que quase todos sairiam caso o atacante continuasse

A receita com patrocínio é a terceira maior do Santos, abaixo só de televisão e premiações em competições. O rompimento com Robinho ocorreu porque a situação se tornou insustentável pela questão financeira, bem como pela reação da torcida nas redes sociais.

 

 

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!