Maio 14, 2019

Jornal deixa de circular na Venezuela por falta de papel

Jornal deixa de circular na Venezuela por falta de papel

O centenário jornal Panorama anunciou que a versão impressa deixará de circular na Venezuela por causa da falta de papel. Fundado em dezembro de 1914, diário era o único veículo impresso restante do estado de Zulia, no noroeste do país. Desde 2013, o país já perdeu 67 veículos impressos devido à escassez de papel.

"Esgotado nosso inventário de papel, a edição impressa do Panorama diz até breve aos seus fiéis leitores. Nossa tarefa de informar continuará com a mesma responsabilidade e dedicação no nosso site", informou o jornal ontem, 13, em primeira página.

De acordo com informações da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP na sigla em espanhol), no auge, o Panorama teve edições com mais de 100 página e chegou a circular com média diária de 200 mil exemplares.

Em 2013, o governo Maduro modificou as condições de controle cambial e retirou o papel para a imprensa dos setores prioritários que têm acesso a dólares com a taxa oficial.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!