Agosto 20, 2019

Sequestrador de publicitário Olivetto é entregue ao Chile

Sequestrador de publicitário Olivetto é entregue ao Chile
Reprodução

O chileno Mauricio Norambuena, condenado pelo sequestro do publicitário Washington Olivetto em 2001, foi entregue para autoridades do Chile na madrugada de hoje, 20, para ser extraditado, informou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, no Twitter

"Mais um criminoso que se foi. Extraditado com autorização do STF, foi entregue nessa madrugada ao Chile para cumprir as penas, comutada a perpétua para 30 anos, as quais foi condenado naquele país. Brasil não é refúgio para criminosos", escreveu.

A extradição de Norambuena, que foi membro do grupo guerrilheiro Frente Patriótica Manuel Rodríguez (FPMR), também foi comemorada na mesma rede social pelo presidente Jair Bolsonaro.

"Vencidos problemas burocráticos entre Brasil e Chile, hoje estamos extraditando Norambuena, sequestrador do publicitário Washington Olivetto em 2001", escreveu o presidente.

Norambuena cumpria pena de 30 anos de prisão pelo sequestro do publicitário Washington Olivetto em 2001, na capital paulista. O empresário foi libertado pela polícia após 53 dias no cativeiro. Ele ficou preso 16 anos no país e foi transferido de Avaré, no interior paulista, para sede da Polícia Federal na capital no dia 15 de agosto.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!