Julho 24, 2017

Soluções para o carvão passam pelo Planalto

Na véspera do que deve ser um pacote encorajador para empresários do setor de infraestrutura e energia pelo presidente Michel Temer, o ministro das Minas e Energia Fernando Coelho limitou-se a dizer, em Criciúma, nesta segunda, um grupo interministerial pretende defender o carvão na matriz energética do país e que os acordos assinados no governo de Dilma Rousseff (PT) serão mantidos pelo atual. Cercado por políticos de vários calibres, entre eles o vice-governador Eduardo Pinho Moreira, que tem base política na região, o senador Paulo Bauer (PSDB), os deputados federais Ronaldo Benedet e Edinho Bez (suplente), ambos do PMDB, e pelo prefeito Clésio Salvaro (PSDB), Coelho foi ao menos honesto ao dizer que isso não significa aumentar a cota da compra de carvão produzido nos estados do Sul.

A questão é bastante delicada, pois os prejuízos causados pelo carvão mineral no meio ambiente são motivos mundiais para que a atividade esteja a perder espaço. A atividade corresponde apenas 2% da planta energética brasileira, mas, se considerado o espaço na economia de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, o setor carbonífero, principal alimentador das usinas termelétricas, garante a geração de 53 mil empregos diretos e indiretos, um movimento de R$ 12 bilhões por ano, porém perde, a cada dia, o interesse por formas de geração mais limpas, como a por células fotovoltaicas (solar) e eólica (ventos). Os catarinenses presentes à inauguração do Laboratório de Captura de CO2 (dióxido de carbono) cobraram posições claras do governo federal para o setor e receberam poucas informações.

 

Quase em segundo plano

Fernando Coelho Filho veio ao Estado para a inauguração de um laboratório que produz uma solução inédita no mundo para justamente diminuir a emissão do CO2 no ambiente, algo capaz de assegurar a continuidade da exploração de carvão, que eu quase fica em segundo plano na visita. A unidade funcionará na SATC, uma instituição de ensino médio, técnico e superior, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera, e dirigida por Fernando Zancan. A ideia do que será desenvolvido no laboratório é uma espécie de “esponja”, areada, que absorverá o gás, e as estruturas chamadas de zeólitas, que o armazenaram, poderão ser utilizadas pela indústria petrolífera ou de produção de bebidas gaseificadas.

 

Start

O governo de Michel Temer fará um plano de demissão voluntária para servidores públicos federais. A Medida Provisória deve ser lançada nesta terça e pretende acabar com um dos problemas das contas, a folha de pagamento.

 

Novo embate 1

A mais nova fronteira de disputas entre PMDB e PSD será a eleição à prefeitura de Abelardo Luz, no Oeste, dia 3 de setembro. E, desta vez, os pessedistas estão do lado de PSDB, PP e PSB, entre outros, que defendem a candidatura do tucano Wilamir Domingos Cavassini.

 

Novo embate 2

A escolha suplementar ocorre depois que Nerci Santin (PMDB) e Cleomar Finger (PMDB) tiveram os registros de suas candidaturas indeferidos pelo TSE. O PMDB irá de Celso Santin, e a nova eleição ainda terá outras duas candidaturas Altair Lavratti (PSOL) e Vilmar Baumgratz (PT).

  

Rápidas

* Você percebe que a inevitável preparação para as eleições do ano que vem está mais próxima do que se possa crer quando recebe informações sobre os congressos estaduais de um partido: o PPS faz os seus municipais em setembro e o estadual no dia 25 de novembro próximo.

 

* Sem a mesma tranquilidade à vista, o PP tem convenção estadual para a escolha do novo diretório em setembro, quando ficará definido se a influência de Gelson Merisio (PSD) para substituir o comando da sigla é maior do que a hegemonia do clã Amin.  

 

* Novo concurso para professores, assistentes educacionais, administradores e supervisores educacionais, além de ações para o segundo semestre do ano letivo serão anunciados pelo governador Raimundo Colombo e pelo secretário Eduardo Deschamps (Educação), nesta terça, a partir das 9h30min, na sede da pasta, em Florianópolis.

 

* A nova composição do Conselho Estadual de Turismo reúne-se, nesta terça, a partir das 13h30min, no Sesc Cacupé, com  duas prioridades: conhecer a campanha publicitária “Descobrindo Santa Catarina”, da Santur, e a validação dos municípios do Estado que demonstraram interesse em compor o Mapa do Turismo Brasileiro. 

Tags:
roberto-azevedo política economia bastidores da política Santa Catarina
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo
Jornalista com 35 anos de profissão. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, editor-chefe, chefe de Redação, gerente e diretor de Jornalismo na RBS TV (Blumenau e Florianópolis), hoje NSC TV; na TV Record (Florianópolis) e na Rede TV Sul (hoje SCC SBT); comentarista na RIC TV (hoje NDTV) e na Record News; editor de Política e colunista no Diário Catarinense (DC), e colunista no Notícias do Dia (ND). Atuou nas rádios União AM e FM (Blumenau e Florianópolis) e na Rádio Record da Capital. Atualmente, além do Making Of, faz comentários na Rádio Cidade em Dia FM, de Criciúma, e é diretor de Conteúdo na TVBV (Band).
  • Youtube

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!