Março 19, 2020

Tem gente que se cuida, alguns adoecem, outros vão à praia

Tem gente que se cuida, alguns adoecem, outros vão à praia
Reprodução

As imagens da NSC e da ND TV não deixaram dúvidas. Apesar de todas as orientações médicas, centenas de pessoas foram à praia esta manhã em Florianópolis e Camboriú. Correm risco e ameaçam outras pessoas de contaminação. Não dá para se queixar de falta de informação, porque todas as mídias trabalham fortemente desde o início da crise.

De certa maneira, esta atitude irresponsável explica porque circulam fake news. Sempre vai existir a turma dos alienados. Aqueles que preferem se expor ao sol e confundem momento de crise sanitária com lazer.

Só mesmo proibindo como a Prefeitura de Florianópolis está fazendo (veja aqui) .

Virou caso de polícia.

 

Oficial

É exemplar a comunicação oficial do governo catarinense e da Prefeitura de Florianópolis. As entrevistas coletivas diárias são esclarecedoras e têm grande acompanhamento nas redes sociais.

 

Globo

Programas na alça de mira, por estarem fora de sintonia com o mundo atual, foram suspensos pela Globo. Mais Você, de Ana Maria Braga, e Se Joga foram substituídos por conteúdos que privilegiam o combate ao coronavírus. O ganho de audiência e respeito foi enorme para a emissora.

Os programas locais foram esticados com o mesmo objetivo.  Neste momento, não vale avaliar se todos estão preparados para tanta produção. O que importa é o objetivo.

 

Record

A Record entrou na linha de cobertura ampliada da pandemia. E com o acerto de ter mexido na programação antes do caos na saúde, quando transferiu o seu principal jornal para às 19h45.

 

CNN

O novo canal CNN desaba na audiência em concluir ainda sua primeira semana de operação. O jornal noturno apresentado por William Waack perdeu mais da metade da audiência, enquanto a GloboNews, no mesmo horário, se manteve.

 

Panelaço

A entrevista de Jair Bolsonaro e seus ministros ontem, 18, foi uma comédia mascarada. O presidente queria mesmo era chamar o panelaço em seu favor às 9 da noite, desafiando a Globo a falar dele como fizeram das manifestações contrárias. O Jornal Nacional fez registro não só dos dois panelaços de ontem, provocando Bolsonaro, como recuperou o da noite anterior. E classificou como “de menor proporção” o barulho chamado pelo presidente.

A guerra entre o mandatário e a emissora/imprensa está exposta. Algo bem estranho para o momento em que vivemos (o que preocupa a todos, menos aqueles que foram para a praia hoje).

 

BBB 20

Apesar de tudo, a Globo mantem o BBB 20 com aquele pessoal confinado. A justificativa é que houve orientação de médicos e que eles não têm contato com o exterior. Isso é relativo, pois os cenários, por exemplo, são montados por pessoas que acessam o local. Aqui, falou mais o compromisso de faturamento.

 

Brito

Um texto de primeira qualidade: o tópico inicial da coluna de Paulo Brito. Sensibilidade é para quem tem (confira aqui).

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!