Janeiro 07, 2020

Terminem a ponte Hercílio Luz!

Terminem a ponte Hercílio Luz!

Estive três vezes visitando as obras do grupo Teixeira Duarte, ano passado.  Foi grande a emoção de andar por ali, tanto nas passarelas quanto no piso vazado de aço. Imagino o que sentiram todos que a atravessaram desde a reabertura oficial.

Foi uma espécie de recuperação histórica de um símbolo, usado durante décadas para desvio de dinheiro público. Mas a verdade é que ela não estava totalmente pronta. Os portugueses, entre outras coisas, tem que apertar melhor porcas e parafusos.

No aspecto utilidade pública a ponte continua fechada. É uma reversão de expectativa, difícil de aceitar, mas visível desde que as autoridades se mostram indecisas sobre qual a verdadeira utilidade. Vai ajudar a desafogar o trânsito da capital ou não vai?

A resposta ainda é uma dúvida. 

 

Aeroporto

Outra obra que fez um “upgrade” imenso de Florianópolis foi o aeroporto, para mim o mais bonito do Brasil. Mas também está incompleto. Motorista experiente de taxi que me trouxe depois da meia noite falou da insegurança que é andar pela estrada. Não só pela escuridão, como pelo trajeto perigoso e incompleto.

As máquinas que trabalhavam na região, sumiram.

É obvio que os suíços, depois de protelamentos, marcaram a data de abertura para que as autoridades locais corressem atrás do resto. Vai daí que esse resto foi ficando pelo caminho. Se ninguém  reclamar, vai continuar assim.

Outro detalhe: perto da meia-noite de ontem, havia intenso desembarque de pessoas e iria continuar até duas e meia da manhã. O aeroporto estava operando normalmente, mas as lojas  bares e restaurantes fechados. Nada aberto para comprar uma água ou um pastel.

Pode isso?

 

País

Quer ficar longe de qualquer notícia do Brasil? Passa uns dias no exterior. Fiquei 15 dias fora e nunca ouvi falar nada de Rodrigo Maia, Alcolumbre, Bolsonaro e muito menos Toffoli. É triste constatar que continuamos sendo notícias apenas quando falam de corrupção e queimadas. E isso de vez em quando.

Tudo o que vivemos intensamente nos bastidores da política, do congresso, dos tribunais e do governo em geral é de segunda linha para a grande imprensa internacional. Só repercute aqui.

 

Cheguei

Bom já viram que estou de volta...

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!