Julho 07, 2020

Todos chamaram a atenção para Governo liberar leitos e respiradores

Todos chamaram a atenção para Governo liberar leitos e respiradores

Está no jornal: “Nesta segunda-feira (6), após notas oficiais emitidas por hospitais e reportagem do Grupo ND, a Secretaria de Estado da Saúde anunciou a entrega de 15 respiradores e habilitação de leitos”.

Calma na redação. O assunto da diminuição da oferta de leitos em Florianópolis vem sendo tratado há mais de 10 dias pela CBN Diário, pela colunista Dagmara Spautz, da NSC, e até na Making of com ênfase. Também pelo ND. Outros se deram conta e entram na fila de reivindicações depois. Assim, a atitude do governo foi a reposta a dados de realidade levantados por várias mídias, o que é muito saudável e mostra atenção ao momento.

 

Segue a atenção

Todos têm que continuar atentos ao assunto porque os respiradores que o Governo comprou da Weg já foram todos entregues. A partir de agora, a curva da Covid-19 tem que ser achatada ou vão ter mais problemas logo ali adiante.

Não esquecendo que o futebol catarinense será retomado amanhã, 8, o que – apesar das promessas de controle – aumenta a área de risco, com as demais aberturas já feitas. Antes mesmo da bola rolar, um já saiu de campo: o treinador do Marcílio Dias, Moisés Egert, está contaminado e fora da competição.

O catarinense poderia aguardar um pouco mais para retornar, porque depois dele – ao que tudo indica – o brasileirão vai levar um bom tempo para se ajeitar. Há diferenças de tratamento da Covid-19 no Brasil, sem contar as dificuldades de malha aérea e deslocamentos, entre outras.

 

Ciclone

A vinda do novo ciclone extratropical previsto para amanhã virou disputa de bastidores entre meteorologistas: uns dizendo que será moderado e outros que nem vai acontecer nada. Entre esses últimos, como sempre, esta Ronaldo Coutinho, lá de São Joaquim, que não participa do grupo de meteorologistas por ter vivência, mas sem curso específico.  Na Rádio Guarujá, ontem, 6, Coutinho foi bastante irônico sobe as previsões.

“Tem um ventinho sul aí que deixa o mar um pouquinho agitado para a pesca”.

O apresentador pergunta sobre a informação do G1 sobre ciclone: “Na quarta-feira cobre de quem está aterrorizando o estado. Assisti agora o Hora 1 e é uma vergonha. A única coisa que podemos ter aqui no Estado é uma chuva forte, que em algumas áreas será bem-vinda, e aquele vento sul um pouco mais forte de quarta para quinta. Fora isso nem de longe perto do que aconteceu semana passada. É terrorismo e irresponsabilidade o que estão fazendo”.

A bem da verdade, ninguém falou que o evento será igual ao anterior, mas todos disseram que será um ciclone extratropical mais fraco.

Esse tipo de discussão não ajuda nada. Todos deveriam focar em ajudar fortemente que as pessoas não sejam surpreendidas por fenômenos meteorológicos que estão nos radares.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!