Agosto 06, 2020

Vendas de vinhos catarinenses não caíram durante a pandemia

Vendas de vinhos catarinenses não caíram durante a pandemia
Foto Mafalda Press

Apesar da pandemia, do isolamento social, dos bares e restaurantes abertos, fechados, abertos, fechados, e com limitação de clientes, o consumo de vinhos em Santa Catarina não diminuiu.

Isso se deve a uma mudança na procura: enquanto a venda para restaurantes caiu, a venda para os supermercados e adegas aumentou. Outro fator decisivo, segundo a Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), é que a procura por vinhos nacionais cresceu 50% no primeiro semestre deste ano. Aliás, o vinho passou a ser a bebida preferida dos brasileiros na quarentena.

Aliado a isso, neste primeiro semestre do ano, aumentou muito a procura direta do consumidor, que agora compra via internet ou por telefone. Em vez de garrafas, o cliente pessoa física faz compras em caixas e recebe em casa pelo correio.

 

Esvaziando os estoques

"Nós atendemos o Brasil inteiro", diz Daniela Freitas, presidente do Conselho da Villa Francioni. "E tivemos um aumento expressivo da procura no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte".

Daniela acredita que estes clientes já conheciam os vinhos e, agora, descobriram que podem comprar diretamente. O "bom problema", segundo ela, é que a procura continua maior do que a quantidade vinho produzido. Em alguns produtos isso é mais comum, como é o caso do premiado VF Rosé. 

***** 

 

Eu Me banco      Foto Alexandre Machado

A startup educacional Eu Me Banco está dando um novo passo nos negócios. A empresa, fundada em março de 2019 em São Paulo, pelo economista Fabio Louzada, anunciou que vai adotar o franchising como estratégia para expansão e que até o final de 2020 abrirá as portas da sua nova sede administrativa em Florianópolis.

Desde março, com o aumento expressivo de alunos nos cursos EaD de formação e de capacitação voltados para investimentos, a empresa precisou se reestruturar para atender a demanda: contratou novos colaboradores, aumentou o time de parceiros e de professores para disponibilizar novos cursos e ampliar a oferta de conteúdos em outros pontos de contato - como YouTube, LinkedIn e Instagram.

*****

 

Foco, força e café!

Movimentando o cenário artístico-cultural de Santa Catarina, nesta quinta-feira, 6, a música autoral "Foco, força e café", composta e produzida por artistas catarinenses, será lançada em todas as plataformas de streaming. A composição de 2017, interpretada agora por Amanda Cadore, não poderia ser mais atual, com mensagem de esperança para poder atravessar os dias difíceis, se tornando uma melodia de alívio neste momento.

A música foi produzida por Giba e a Raça (G.E.A.R. Music) em Balneário Camboriú e será lançada pelo Midas Music de São Paulo/SP. Foi composta pelos artistas catarinenses, Pedro Brito e Ronei Zanette e interpretada pela catarinense de coração, Amanda Cadore.

'Foco, força e café' não é só sobre café. É sobre ter foco naquilo que se acredita, ser forte para decidir com o coração, e ter energia para transcender com tranquilidade", destaca Amanda. A música aflora sensibilidade e mostra que a arte é fundamental para encarar a realidade.

*****

 

 

Cine Drive-In em família     Foto Felipe Carneiro

O distanciamento social não vai impedir as famílias de comemorarem nesse fim de semana dos pais. Ao menos não as famílias que morem perto de um Cine Drive-In, da Cinesystem. Isso porque a rede preparou o Festival da Família, que acontece de sexta à domingo em todas as cinco unidades de cinemas ao ar livre que a exibidora opera no Brasil.

Com longas como "Meu Malvado Favorito 3" e "Capitão Fantástico" o drive-in vai oferecer entretenimento com segurança para pais, mães, filhos, avós e todos aqueles que se amam e gostariam de passar um tempo juntos.

*****

 

 

 

Tags:
social entretenimento Floripa Florianópolis gente festas eventos agenda
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Yula Jorge

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. 
Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.

Comentários

Rancho Açoriano

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!