Março 18, 2020

VINDIMA DE ALTITUDE É CANCELADA

VINDIMA DE ALTITUDE É CANCELADA

Coluna recebeu há instantes, em primeira mão, a oficialização de que a Vindima de Altitude, programada até o dia 29 de março, está cancelada. Segundo o presidente da Associação Vinhos de Altitude Produtores & Associados, Eduardo Bassetti, a medida se faz necessária para evitar aglomerações que possam ajudar a propagar o coronavirus. Segue a nota oficial da Associação:

Antes da decisão coletiva, algumas vinícolas já haviam suspenso a realização dos eventos programados. Como o caso da Pericó, Monte Agudo e Suzin. A Villa Francioni também transferiu para setembro algumas atividades previstas para a Vindima, como informou há pouco a colega Yula Jorge, aqui.

 

A Monte Agudo foi a primeira a sensibilizar o público da importância de não cancelar, e sim reagendar os pacotes já contratados. Uma forma de valorizar os produtores locais e toda cadeia do turismo assim que a crise passar. A Leone de Venezia é outra que tem feito coro à campanha.

A coluna torce para que esse momento delicado passe logo e com o mínimo de impacto aos catarinenses. Mas sabe que, para que isso aconteça, é fundamental que as pessoas se conscientizem e tomem as medidas de prevenção – talvez as principais neste momento sejam os cuidados de higiene e o distanciamento social.

Fiquem bem (de preferência em casa) e até mais!

Tags:
vinhos cervejas cerveja artesanal drinks destilados whiskey gastronomia portal makingof
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Jefferson Douglas da Silva

Jefferson Douglas da Silva

Jornalista com especialização em Gestão de Marcas, atuou por mais de 25 anos em jornais e emissoras de televisão de Chapecó, Blumenau, Joinville e Florianópolis. Foi repórter, editor, apresentador e gestor de equipes de TV, entre elas a chefia de redação da RBS TV. Tem experiência em assessoria de comunicação e relações públicas nas áreas governamental e privada. Conhece em detalhes a rotina de cantinas que produzem vinho colonial no Oeste do estado e alambiques do Vale do Itajaí. Fez cursos de coquetelaria (Senac) e produção artesanal de cerveja (Escola Superior de Cerveja e Malte). Apaixonado por vinhos, estuda o assunto desde 2001.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!