14.2 C
fpolis
14.2 C
fpolis
domingo, 3 julho, 2022

Entrevista com Jorge Baggio, da Blue7Films

Últimas notícias

Jorge Baggio, da Blue7Films, comemora o sucesso das pré-estreias de “Por que Florianópolis?”, no dia 22/03, e “Riquezas da Serra”, no dia 29/03. Os dois lançamentos aconteceram na Sala de Cinema Gilberto Gerlach – Centro Integrado de Cultura (CIC), com o apoio do MIS-SC, em sessões muito prestigiadas pelo público, autoridades, patrocinadores, equipe e personagens dos filmes. O filme sobre Florianópolis, que foi apresentado na véspera do aniversário da Cidade, precisou ser exibido em sessão extra devido à quantidade de pessoas que foram até o CIC para assistir.

 Salve, Jorge!

Fundador da B7 Films, Jorge Baggio se especializou na carreira de cineasta com obras documentais e publicitárias. Foi diretor do documentário “Jamais um Poeta teve Tanto para Contar” que aborda Florianópolis dos anos 70 até os dias de hoje. A obra foi reconhecida pela mídia e público local. Lançou o documentário Barrels Board, sobre a história do Bodyboarding e o estilo de vida na busca por ondas gigantes ao redor do mundo. Numa linguagem que uniu a referência de filmes de esportes radicais e o consagrado diretor Andrey Tarkovsky.

 

Dirigiu o documentário o “Descaminhos da Coxilha Rica” segundo colocado no Prêmio de Cinema Assembleia Legislativa, em 2019, que conta a história da região do planalto serrano catarinense. Lançou “Meiembipe, uma história Esquecida no tempo” importante documentário sobre as populações pré-Colombianas que habitaram o litoral Catarinense.

 

Finalizou ainda em 2019 o documentário “Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade” e, agora em 2022, está lançando “Por Que Florianópolis?” e “Riquezas da Serra”. Todos aprovados por análise técnica de conteúdo pela Secretaria de Estado da Educação e distribuídos para as 36 regionais de educação do Estado de Santa Catarina. Finalizou ainda no mesmo ano a biografia de um dos maiores empresários da nova geração do Estado de Santa Catarina João Neto.

 

Os documentários também podem ser assistidos nos canais NET NOW do Grupo Box Brazil TV e em 22 países pelas plataformas Google Play, I Tunes e Amazon. Jorge Baggio participou de importantes eventos mundiais do mercado e exibição cinematográfica com Festival de Cannes, Rio Content Marketing e realizou visitas profissionais aos grandes estúdios de Hollywood. Trabalha em parceria na parte de produção executiva com o Grupo Animaking empresa que é especializada em Animação. Líder nacional no segmento, lançou seus filmes em telas de cinema em mais de 20 países e atualmente desenvolve grandes projetos em parceria com a Disney. Também se dedica para estruturação da B7 Films em 3 segmentos: Educacional, Comercial e Corporativo.

 

Entre os projetos educacionais destaque para o Educa Brasil. Projeto educacional audiovisual voltado para crianças e adolescentes com canal no Youtube e com plataformas para celulares e tablets. Busca levar conhecimento e gerar interesse por meio de aplicativos, games e filmes com linguagens bem construídas, pesquisas e conteúdos importante para o desenvolvimento humano. Trouxe para as obras toda sua experiência de viagens internacionais em busca de ondas gigantes, carreira que seguiu em paralelo por cerca de 20 anos. Conhecimentos adquiridos também na faculdade de engenharia Ambiental cursada na UFSC. Além de ser filho de um e experiente e reconhecido publicitário, intelectual e jornalista que o permitiu crescer num ambiente permeado por bons livros, filmes e experiências profissionais acompanhando seu pai, Ilson Chaves da Silva.

 

 

Teaser “Por Que Florianópolis?” 

https://www.instagram.com/tv/CTJCN20lq_a/?utm_medium=copy_link 

 

Teaser “Riquezas da Serra” 

https://www.instagram.com/tv/CRoPoEClldI/?utm_medium=copy_link 

 

 

“Por que Florianópolis?”

Com lindas e poéticas imagens da paradisíaca Ilha de Santa Catarina, entrevistas com historiadores, moradores, empresários, professores e atletas.

A obra une depoimentos sobre ideias propositivas para um modelo sustentável de desenvolvimento para a cidade. 

 

Conta a história da Revolução Federalista que motivou o nome da cidade e resgata alguns fatores sócio culturais que nos trouxeram até aqui. 

Tem como objetivo a reflexão sobre a importância da preservação de um verdadeiro patrimônio ecológico com sérios riscos de colapsar.

 

No documentário, há depoimentos de personalidades como Marcelo Gomes, idealizador do complexo Pedra Branca; Walter Silva Koerich, empresário; o atleta Guga Arruda, surfista profissional; André Barros, pai do campeão de skate, Pedro Barros; o Padre Vilson Groh, reconhecido pelo trabalho com as comunidades de Florianópolis.

 

 

“Riquezas da Serra”

A narrativa é baseada em depoimentos de moradores locais a partir de uma perspectiva sociológica, antropológica e arqueológica que traz à obra solidez em conteúdo, poesia e emoções, além das belas imagens das serras e dos campos. Nos depoimentos de moradores antigos são resgatadas a essência do local. Empresários falam sobre modelos sustentáveis aplicados no mundo que podem levar à preservação do local e geração de renda de maneira sustentável. Atuante no mercado do audiovisual há 10 anos, a Blue7Films tem o “propósito de encontrar caminhos sustentáveis que unam geração de riquezas, preservação ambiental e possibilite o equilíbrio social.”, explica o cineasta Jorge Baggio, fundador da produtora e diretor de “Riquezas da Serra”. 

 

Abaixo, um bate papo exclusivo à coluna.


1 – Jorge, após dois lançamentos de sucesso no CIC, qual é sua avaliação sobre a produção audiovisual no estado?

A indústria audiovisual é um setor riquíssimo, possui um dos mais altos valores agregados, assim como a indústria da tecnologia. Ele ainda é estratégico pois levamos nossos pontos de vista, cultura, riquezas, vocações e potenciais ao mundo por meio dele. É o maior impulsionador do turismo existente. Disputa recursos com a indústria bélica no mercado mundial. Precisamos urgente estruturar ele no estado e assim colher seus frutos gerando empregos com altos salários, prosperidade e o melhor com baixíssimo impacto ambiental. Estamos implementando o Polo Audiovisual B7 Films para escalonar nossas produções, e auxiliar a economia do estado nessa sentindo.

2 – Fale mais a respeito do foco da B7Films com suas produções.

Nosso principal propósito gira em torno da sustentabilidade, de projetos com abordagem poética e artística sobre temas importantes como ecologia, Inovação, empreendedorismo, desigualdade social, saúde, história, povos indígenas, sítios arqueológicos  e legados.

3 – Um dos assuntos mais abordados pela B7 é a consciência ambiental e desenvolvimento sustentável. De que forma o audiovisual pode auxiliar para uma mudança em relação a isso no futuro?

O audiovisual é a ferramenta de comunicação mais eficaz e estratégica criada até hoje. Uma única obra é capaz de atingir bilhões de pessoas por décadas ou séculos. Por meio de histórias criamos valores, sonhos, desejos e crenças, perpetuamos sabedoria, legado, conhecimento e experiências.

4 – E a história da Blue7Films? Como começou o interesse pela área do audiovisual e como tem sido o trabalho de captação para viabilizar esse trabalho?

Veio de berço, crescemos no meio da Comunicação, da natureza, de livros, bons filmes, documentários, lentes, câmeras, computadores, montanhas e do oceano… estamos na segunda geração levando adiante um legado iniciado por meus pais.

5 – Além de cineasta, você também é atleta. Gostaria que você contasse como é a relação entre a prática de esportes e os temas dos documentários que vem realizando.

O esporte me mantém saudável, equilibrado e me torna mais eficiente. Me inspira, me cura…

É uma ferramenta essencial para minha vida… inclusive foi ele que me tirou da engenharia e trouxe para o cinema… quando comecei a filmar minhas viagens em busca de ondas grandes ao redor do mundo.

 

Bate-Bola

O que mais admira – A sensibilidade de um ser humano.
O que não suporta- A ignorância unida a prepotência.
Um lugar – Tahiti Polinésia Francesa.
Palavra – Amor
Saudade – meu avô Leonel Baggio.
Uma viagem – Tahiti, Polinésia Francesa.
Uma bebida – Água com limão
Um ídolo – Andrey Tarkovsky
Hobby – Ciclismo
Um sonho – Deixar pra Santa Catarina, pro Brasil e pro mundo um grande centro produtor de documentários. Propagando o Amor ou seja valores humanos, sustentáveis, prósperos, de sabedoria e conhecimento.

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa e Santa Catarina: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.
Mais notícias para você
Últimas notícias

NSC anuncia substitutas de Adriana Krauss no JA Blumenau

A NSC anunciou as substitutas de Adriana Krauss na apresentação e coordenação do Jornal do Almoço Blumenau. Adriana deixou...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }