22 C
fpolis
22.2 C
fpolis
terça-feira, 24 maio, 2022

a combinação que a sua empresa precisa em 2022

Últimas notícias

[ad_1]

Design Experience e dados: a combinação que a sua empresa precisa em 2022

Foto: Reprodução/Pixabay

Por Marina Almeida Carvalho*

Para entender seu consumidor, você precisa combinar o design experience e dados, para resolver os anseios e os desejos desse público.

Hoje em dia, quando o assunto é design, compreendemos que existem várias vertentes de como ele apoia qualquer negócio na resolução de problemas, seja através do design thinking, service design, user experience e design de informação. Poderia citar várias outras denominações, mas o que todos eles têm em comum, é o foco em resolver os problemas dos consumidores.

A Qualtrics, empresa americana de gestão de experiência, produziu o estudo “2022 Global Customer Trends”, no qual revela que os consumidores têm 3,5 mais chances de comprar de um negócio, após uma boa experiência e 5,1 vezes mais chances de recomendá-lo. Já é sabido que avaliações positivas e ranking são os mais novos: boca a boca, ou seja, o quem indica, continua muito em alta, só que na versão digital.

Quando paramos para refletir sobre a informação supracitada, compreendemos que projetar uma boa experiência do usuário estará só fazendo o que o consumidor espera, ou seja, o mínimo que uma marca faça. Por isso que para se diferenciar, é preciso pensar além e unir todas as vertentes do design, criando uma experiência memorável para o público, o que chamo de “design experience”.

Aprofundando um pouco mais sobre o assunto: quando a empresa precisa resolver algum problema, seja interno ou externo, trazer todos os stakeholders para co-criarem a solução, ser empática, prototipar e testar, o design é o que a fará economizar dinheiro para construir um produto, sistema ou prestar um serviço que realmente dará maiores chances do negócio escalar. Além de reduzir o custo, será possível descobrir o que realmente é essencial para o público.

Todo esse processo é importante para colocar o consumidor no centro do negócio. Além disso, os dados colhidos durante as sessões de design experience e após o lançamento do produto são o que irá direcionar a marca a continuar resolvendo os problemas do seu público. É importante lembrar que as pessoas mudam, logo, quanto mais dados, um big data e analytics eficiente, maior o entendimento do comportamento do consumidor no dia a dia. Com isso, o design dessas informações gera dashboards intuitivos para a tomada de decisão.

Design experience e dados é o que a uma companhia precisa para entender os hábitos e comportamentos do consumidor. Acompanhar essas mudanças conforme o tempo passa é o que manterá uma empresa no topo e o consumidor engajado com a marca.

 

 *Marina Almeida Carvalho é Gerente de Design e Marketing na ART IT, empresa especializada em soluções e serviços de TI.

 

[ad_2]

Source link

Anselmo Prada
Jornalista, produtor e gestor de conteúdo, pessoas e eventos. Foi repórter, editor, coordenador de reportagem, editor-chefe do Jornal do Almoço, chefe de redação da RBS TV e gerente de programação NSC/Globo em Santa Catarina. Além do jornalismo, desenvolveu e dirigiu diversos projetos de entretenimento para a televisão. Com carreira destacada na comunicação catarinense, se interessa com mais profundidade sobre o que fazem as pessoas, em todas as áreas, como elas mostram suas particularidades, desenvolvem seus projetos, criam oportunidades, oferecem ajuda aos outros e como estão inseridas dentro da imensa diversidade de um mundo cada vez mais plural. Um observador da vida, buscando histórias e percebendo o que existe de único e inspirador em cada pessoa ou lugar. No Portal Making Of traz semanalmente os destaques de gente e lugares que estão em conexão com o tempo e preparando o futuro. Contato: e-mail pradafloripa1@gmail.com, WhatsApp (48)99163-6710 e Instagram @anselmoprada.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Globo impõe regras para funcionários durante período eleitoral

Com as eleições se aproximando, a Globo está alertando os funcionários sobre o que podem ou não fazer durante...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }