Abril 08, 2021

A selfie que vale pelo contato

A selfie que vale pelo contato
MAURÍCIO VIEIRA/SECOM

Os afagos de Jair Bolsonaro à governadora em exercício Daniela Reinehr e ao prefeito João Rodrigues (PSD), durante a visita a Chapecó, eram esperados, assim como a defesa pelo presidente do uso do polêmico tratamento precoce da doença, sem confirmação científica, que, em terras catarinenses, a semântica transformou em atendimento imediato aos primeiros sintomas da Covid-19.

Antes de Bolsonaro reforçar que não “haverá lockdown nacional”, situação jamais imaginada no contexto, Daniela aproveitou para conversar com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e longamente com o ministro Onyx Lorenzoni (secretário-geral da Presidência), um viabilizador de pedidos vindos dos estados e municípios, bem como com o representante do ministro Tarcísio de Freitas (infraestrutura), presente ao ato.

São estes contatos com rendem boas notícias e portas mais abertas na Capital Federal, embora Daniela, aliada de primeira hora do presidente, não tenha encontrado empecilhos nesta jornada.

Mais curioso foi o pedido de Queiroga, uma selfie com a governadora, registrada na foto de Maurício Vieira, da Secretaria de Comunicação do Estado, no mínimo tietagem explícita.

 

Agrado

Na ida da comitiva presidencial do Centro de Eventos, ao lado da Arena Condá, ao Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, Jair Bolsonaro fez parar o carro e desceu para abraçar uma apoiadora que estava no canteiro, vestida de amarelo e com uma bandeira do Brasil na mão.

Uma manifestação quase que solitária, mas que mostra a popularidade de Bolsonaro na região, e ele aproveita.

 

Nos bastidores

A visita de Bolsonaro a Chapecó tinha o pano de fundo do leilão dos aeroportos (o pacote incluía Joinville e Navegantes – que o governo catarinense contesta em parte e o senador Esperidião Amin, do PP, questiona junto ao MPF o porquê da não inclusão da obrigatoriedade de construção de uma nova pista ela nova concessionária), arrematado no pacote Sul em R$ 2 bilhões.

A outra preocupação de Daniela é a situação das rodovias federais no Estado, principalmente as que passam pelo Oeste.

 

E agora?

A nomeação do filho do ex-deputado federal João Pizzolatti (PP), João Pizzolati Neto, no gabinete da governadora em exercício Daniela Reinehr, ganhou uma nova versão na Assembleia.

O ato seria mais uma tentativa de fazer o deputado petista Fabiano da Luz mudar o voto no Tribunal Especial de Julgamento, já que Pizzolatti, o pai, chegou a ser preso por conta do Mensalão do PT, acusado de corrupção.

Olha, haja criatividade, embora até gente da direção estadual petista tenha entrado em campo para fazer Fabiano votar contra Moisés, a pedido de antigos financiadores graduados de campanha.

 

Na batalha

Governador afastado Carlos Moisés foi para as redes sociais pedir agilidade na marcação do julgamento do processo de impeachment sobre os respiradores pelo Tribunal Especial de Julgamento.

Moisés, seus aliados e defensores argumentam que quanto mais tempo demorar, pior para o governador.

 

Novo desafio

Além da consultoria na área de segurança, o coronel Luiz Carlos Vitório enveredou por outra área que conhece como poucos, depois de ter sido ajudante de ordens dos governadores Luiz Henrique e Raimundo Colombo.

A nova atividade apresenta cursos que pretendem resolver aquelas gafes, ineficiências e situações desagradáveis e inconvenientes que assessorias de agentes públicos e políticos em geral cometem nas esferas municipal, estadual e federal, em procedimentos que vão do cerimonial ao contato com autoridades.

A experiência de Luiz Carlos conta muito e o primeiro curso totalmente virtual inicia dia 28 deste mês, com detalhes que devem ser obtidos no site www.napraticaconsultoria.com.br.

Tags:
roberto-azevedo política economia bastidores da política Santa Catarina
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo
Jornalista com 36 anos de profissão. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, editor-chefe, chefe de Redação, gerente e diretor de Jornalismo na RBS TV (Blumenau e Florianópolis), hoje NSC TV; na TV Record (Florianópolis) e na Rede TV Sul (hoje SCC SBT); comentarista na RIC TV (hoje NDTV) e na Record News; editor de Política e colunista no Diário Catarinense (DC), e colunista no Notícias do Dia (ND). Atuou nas rádios União AM e FM (Blumenau e Florianópolis) e na Rádio Record da Capital. Atualmente, além do Making Of, faz comentários na Rádio Cidade em Dia FM, de Criciúma, e é diretor de Conteúdo na TVBV (Band).
  • Youtube

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!